Lexus amplia foco na eletrificação

autos & etc
03.04.2021, 11:00:00

Lexus amplia foco na eletrificação

Divisão de modelos premium da Toyota apresentou o LF-Z Electrified Concept. Conheça também a primeira picape da Hyundai e veja como vai ficar a nova geração da VW Amarok

Em momentos como o que vivemos, o jornalismo sério ganha ainda mais relevância. Precisamos um do outro para atravessar essa tempestade. Se puder, apoie nosso trabalho e assine o Jornal Correio por apenas R$ 5,94/mês.

Até então, a Lexus, divisão de modelos premium da Toyota, estava focada em veículos híbridos. Agora, a empresa promete dar uma guinada e introduzir carros 100% elétricos em seu portfólio. Para apresentar essa estratégia, a Lexus apresentou o LF-Z Electrified Concept, crossover que contém tecnologias, estilo e desempenho que estarão disponíveis no mercado até 2025.

A divisão de luxo da Toyota apresentou seu primeiro modelo elétrico
A divisão de luxo da Toyota apresentou seu primeiro modelo elétrico (Fotos: Lexus)
O novo Lexus é capaz de controlar a distribuição de potência em cada roda
O novo Lexus é capaz de controlar a distribuição de potência em cada roda
A empresa anunciou que irá lançar 20 modelos aprimorados até 2025
A empresa anunciou que irá lançar 20 modelos aprimorados até 2025
O carro conceito LF-Z tem desenho arrojado e o interior lembra uma espaçonave
O carro conceito LF-Z tem desenho arrojado e o interior lembra uma espaçonave

Com tração nas quatro rodas com a tecnologia Direct4, o modelo é capaz de controlar a distribuição de potência em cada roda, podendo operar configurações de tração dianteira, traseira e integral. Com potência combinada de 544 cv e 71,3 kgfm de torque, o LF-Z acelera de 0 a 100 km/h em apenas 3 segundos.

Além desse novo produto, a Lexus anunciou que irá lançar 20 modelos aprimorados até 2025, incluindo elétricos, híbridos plug-in e híbridos tradicionais. Até 2050, a empresa japonesa também pretende atingir a neutralidade de carbono em todo o ciclo de vida de seus carros, iniciando na fabricação de materiais, peças e veículos, e indo até logística, descarte final e reciclagem de veículos mais antigos.

HYUNDAI TERÁ PICAPE INÉDITA
Finalmente, a Hyundai oficializou o lançamento da sua primeira picape, a Santa Cruz. Em um sucinto comunicado, a empresa coreana revelou que irá produzir a picape a partir de junho no Alabama, Estados Unidos. O veículo terá tração integral e será montado sobre uma carroceria monobloco, como acontece com a Fiat Toro e Renault Duster Oroch no Brasil.

Nos EUA, a principal concorrente da Santa Cruz será a Honda Ridgleine e, futuramente, a Ford Maverick, que será produzida no México - e que de lá será exportada para o mercado brasileiro. A revelação final da picape, com informações técnicas e preços, está programa para o próximo dia 15.

A primeira picape da Hyundai vai utilizar uma estrutura monobloco, como Duster Oroch e Toro (Foto: Hyundai)

DESENHO OFICIAL DA NOVA AMAROK
Durante uma conferência de imprensa, a Volkswagen confirmou o lançamento da nova geração da Amarok para o ano que vem. A segunda geração da picape média será baseada na nova Ford Ranger, mas com um design próprio.

Inclusive isso foi ressaltado por Carsten Intra, CEO da VW Commercial Vehicles: “Não vai ser apenas uma picape fantástica. Vai ser um Volkswagen genuíno também - com DNA claro em tecnologia e design”.

A Volkswagen revelou o primeiro desenho da nova geração da picape Amarok (Foto: VW)

2500, A MAIOR PICAPE DO PAÍS
A Ram 2500 já está desembarcando nas concessionárias na linha 2021. A única versão à venda no país, a Laramie, teve o plano de revisões ampliados. Antes programado para a cada seis meses, a manutenção obrigatória foi ampliada para um ano ou a cada 24 mil km, o que ocorrer primeiro - valendo também para as picapes ano/modelo 2019 e 2020. Este é o maior intervalo de quilometragem do mercado brasileiro.

A 2500 Laramie custa R$ 397.990 e é equipada com um propulsor Cummins turbo diesel de seis cilindros, com 6.7 litros, que rende 365 cv de potência e 110,7 kgfm de torque.

Na linha 2021, a Ram 2500 ganhou uma nova programação de manutenção (Foto: Stellantis)

BALANÇO DAS LOCAÇÕES
De acordo com o Anuário Brasileiro do Setor de Locação de Veículos, as 977 empresas de locação de veículos que atuam na Bahia emplacaram 2.610 automóveis e comerciais leves em 2020. A frota total do setor, que soma as unidades compradas com os veículos seminovos já disponíveis, chegou em 10.861 no estado, uma redução de 4% em relação a 2019.

Das 977 locadoras ativas no mercado baiano, 661 alugam veículos sem motorista, enquanto 316 atuam prestando o serviço de aluguel incluindo o motorista.

NOVA CONCESSIONÁRIA
Neste mês, a Volkswagen vai ganhar uma nova concessionária em Salvador, será o terceiro ponto da Sanave na região metropolitana. Ficará entre a Nova Bahia (Renault) e a Grande Bahia (Chevrolet), na Avenida Paralela, sentido centro, próximo ao Salvador Shopping.


O Lexus LF-Z acelera de 0 a 100 km/h em apenas 3 segundos (Foto: Lexus)


***

Em tempos de coronavírus e desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informação responsável e apurada pela nossa redação que escreve, edita e entrega notícias nas quais você pode confiar. Assim como o de tantos outros profissionais ligados a atividades essenciais, nosso trabalho tem sido maior do que nunca. Colabore para que nossa equipe de jornalistas seja mantida para entregar a você e todos os baianos conteúdo profissional. Assine o jornal.


Relacionadas