Líder de organização criminosa da Bahia é preso no Mato Grosso

bahia
09.04.2020, 20:40:33
Atualizado: 09.04.2020, 21:48:28

Líder de organização criminosa da Bahia é preso no Mato Grosso

Jeanderson integrava o Baralho do Crime e era procurado por polícia e justiça

Em momentos como o que vivemos, o jornalismo sério ganha ainda mais relevância. Precisamos um do outro para atravessar essa tempestade. Se puder, apoie nosso trabalho e assine o Jornal Correio por apenas R$ 5,94/mês.

Procurado integrava Baralho do Crime (Reprodução/SSP-BA)

Procurado pela Polícia Civil e pelo Poder Judiciário da Bahia, Jeanderson da Silva Araújo Pereira, de 24 anos, foi preso em Primavera do Leste, a 239 km de Cuiabá, nesta quinta-feira (9). Ele é apontado como um dos  líderes da principal organização criminosa que atua no estado baiano. As informações são do G1 do Mato Grosso.
 
O homem, de 24 anos, estava escondido na casa de um amigo. Ele possuía documentos falsos e um revólver calibre 38. De acordo com a Polícia, Jeanderson estava em Primavera do Leste há pelo menos uma semana. 
 
Jeanderson tinha um mandado de prisão em aberto por um homicídio registrado na Bahia. Ele ainda é apontado pela polícia como um dos líderes da principal organização criminosa da Bahia.
 
Segundo o G1, ele estaria em Mato Grosso para articular os próximos passos de um esquema de tráfico de drogas.
 
De acordo com a investigação, o suspeito estaria planejando chegar até a fronteira entre o Brasil e a Bolívia pelo estado para negociar a compra e venda de drogas.

Com um trabalho conjunto, as polícias polícias do Mato Grosso e da Bahia tem como o objetivo de encontrar outros envolvidos no crime.

Jeanderson está preso na cadeia pública de Primavera do Leste, mas deve ser transferido para uma unidade prisional da Bahia nos próximos dias.

***

Em tempos de coronavírus e desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informação responsável e apurada pela nossa redação que escreve, edita e entrega notícias nas quais você pode confiar. Assim como o de tantos outros profissionais ligados a atividades essenciais, nosso trabalho tem sido maior do que nunca. Colabore para que nossa equipe de jornalistas seja mantida para entregar a você e todos os baianos conteúdo profissional. Assine o jornal.


Relacionadas