Lú Samarato esquenta o dendê do AFD e apresenta uma criação inspirada no acarajé

estúdio correio
04.11.2020, 15:52:00
Atualizado: 11.11.2020, 06:45:42
O estilista Lú Samarato criou sua grife homônima há quatro anos (Fotos: divulgação)

Lú Samarato esquenta o dendê do AFD e apresenta uma criação inspirada no acarajé

Estilista integra o time de criativos do evento realizado pelo CORREIO

Em momentos como o que vivemos, o jornalismo sério ganha ainda mais relevância. Precisamos um do outro para atravessar essa tempestade. Se puder, apoie nosso trabalho e assine o Jornal Correio por apenas R$ 5,94/mês.

Com quatro anos de mercado, a marca Lú Samarato participa do Afro Fashion Day pela quarta vez consecutiva. Fundada pelo designer soteropolitano Lú Samarato, 23 anos, tem como principal alvo o público jovem e atua através de uma loja virtual independente. O projeto foi a materialização do desejo do seu criador de transformar o diálogo entre suas experiências com as artes plásticas e o teatro em moda.

De acordo com seu idealizador, a proposta da Lú Samarato nasceu através do exercício de enxergar novas possibilidades nas vitrines e criar roupas que falassem a sua linguagem. “A identidade da marca Lú Samarato se confunde comigo enquanto criador, sempre foi um desejo meu falar sobre tudo que me cerca, transformar tudo ao meu alcance em moda”, explica.

Croqui
Criação
O estilista

Participando do AFD desde 2017, Lú acredita que a moda tem a capacidade de estampar a realidade de uma época e seus dilemas. “O Afro é muito importante, pois ele sintetiza o trabalho de anos de diversos profissionais. Ele vêm pra reafirmar e celebrar uma identidade visual e pessoal. Sem esquecer do seu compromisso social”, afirma.

Para a edição deste ano, a criação da marca utilizou como inspiração as baianas e o bolinho de feijão (acarajé), iguaria que na preparação é mergulhada no azeite de dendê fervente. A receita, que tem origem no Golfo do Benim, na África Ocidental, foi trazida para o Brasil com a vinda de escravos da região. 

“Nessa viagem ao Benim, eu me encontrei com as Ahosi (ou Mino), guerreiras fons que formavam um dos regimentos militares do Reino do Daomé (atual Benim) até o final do século XIX”, relata. “E é dentro desse contexto que eu mergulho, partindo da primícia do azeite de dendê fervente, pelos olhos de uma baiana que traz consigo características das Ahosi. Dentro desse universo místico, eu apresento uma releitura da relação da mulher com o dendê, através do vestir”, completa.

Conheça a marca: @lu_samarato

Afro Fashion Day 2020
Criado em 2015 pelo jornal CORREIO, o Afro Fashion Day celebra todos os anos o mês da Consciência Negra exaltando o talendo dos modelos negros e a criatividade das marcas baianas. Com a pandemia do novo coronavírus, a edição de 2020 passou por mudanças em seu formato. No lugar do desfile tradicional, foi produzido um fashion film estrelado pelos 31 modelos e 37 marcas que integram o AFD nesta temporada. O lançamento será em 20 de novembro, Dia da Consciência Negra, no Youtube do veículo de comunicação.

O Afro Fashion Day é um projeto do Jornal CORREIO com o patrocínio do Hapvida e a parceria do Sebrae.


O Estúdio Correio produz conteúdo sob medida para marcas, em diferentes plataformas.

***

Em tempos de coronavírus e desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informação responsável e apurada pela nossa redação que escreve, edita e entrega notícias nas quais você pode confiar. Assim como o de tantos outros profissionais ligados a atividades essenciais, nosso trabalho tem sido maior do que nunca. Colabore para que nossa equipe de jornalistas seja mantida para entregar a você e todos os baianos conteúdo profissional. Assine o jornal.


Relacionadas