Mais de 900 soldados da Polícia Militar são formados na Bahia

bahia
09.05.2022, 22:22:00
(Foto: Joa Souza/GOVBA)

Mais de 900 soldados da Polícia Militar são formados na Bahia

Solenidade em Salvador contou com a presença do governador Rui Costa

A Vila Policial Militar do Bonfim, em Salvador, sediou, no final da tarde desta segunda-feira (9), a solenidade de formação de 257 novos soldados do curso de formação da Polícia Militar. Outros 660 foram graduados de forma simultânea em outras cidades do interior do Bahia, totalizando 917 novos policiais. 

O governador Rui Costa acompanhou, na capital, a formação do grupo, que integra o Plano de Promoção e Progressão do Governo do Estado para acelerar as ascensões dos militares, possibilitando que conquistem patentes mais altas ainda durante a ativa. 

"No estado, são 917 novos policiais formados. Ainda neste mês, outros 1.700 entram em treinamento, portanto, até o final do ano, nós teremos 2.600 novos policiais para reforçar o policiamento em toda a Bahia. E, hoje, autorizei a Secretaria de Administração a realizar um novo concurso da Polícia Militar, ainda este ano, com mais duas mil vagas", detalhou o governador. 

Rui também reforçou a necessidade de novos equipamentos e afirmou que já autorizou a compra de mil fuzis, seja pela licitação do Governo do Estado da Bahia ou aquisição via registro de preço de outro estado. “Esperamos materializar isso nos próximos dias”, finalizou. 

Diretor do Centro de Formação e Aperfeiçoamento de Praças (Cfap), o coronel Saulo Roberto afirmou sentir uma satisfação enorme em formar 917 soldados, depois de nove meses de curso. "A gente serve com o risco da própria vida e chega um momento no embate que não sabemos se vamos voltar para casa. Infelizmente, perdemos jovens, mas não podemos esmorecer, porque o bem sempre vence o mal e a Polícia Militar é feita de homens de bem”, pontuou o coronel Saulo, se referindo aos três PMs mortos no fim de semana.

A soldada Bruna Paes, que teve a melhor média curricular e ficou em primeiro lugar no curso de formação de soldados policiais militares 2021 de Salvador e Região Metropolitana, afirmou que integrar as forças de segurança pública é a realização de um sonho. “Depois de mais de dez meses de dedicação e empenho, é uma sensação maravilhosa. Poder servir à população é um sonho que sempre tive e que a partir de agora vou poder realizar”, afirmou. 

O soldado Denilson Santana tinha como meta de vida ser um policial militar. “É um mix de sentimentos, hoje foi um dia inexplicável, só quem participou do curso consegue entender a emoção desse dia, é maravilhoso. Era meu objetivo entrar na polícia e hoje estou aqui me formando, tenho só que agradecer a Deus por essa conquista”, disse. 

Motivo de felicidade também para as famílias. Mãe de um dos formandos, a dona de casa, Elilze Soares acompanhou de perto o empenho necessário para a conclusão do curso: “Meu filho diversas vezes pensou em desistir, mas se manteve firme e hoje está aqui se formando nessa profissão linda de servir e proteger”.

(Foto: Joa Souza/GOVBA)
(Foto: Joa Souza/GOVBA)

Homenagem 
A cerimônia contou com uma homenagem ao sargento José Roberto Cardoso Silva, patrono da turma falecido em 2021, através da viúva e de dois dos três filhos que seguiram os caminhos do pai e são alunos formandos. Durante a trajetória profissional, o sargento Cardoso serviu em diversas unidades e exerceu, entre outras, a função de comandante da guarda do Quartel do Comando Geral (QCG).

Durante o evento, a Polícia Militar informou que estava em luto pela morte dos policiais Alexandre Menezes, ocorrida no sábado, e de Vítor Vieira Ferreira Cruz e Shanderson Lopes Ferreira, que foram mortos após sair do velório de Alexandre.

“A nobre função que desempenhamos é essencial na vida da sociedade e nos impõe o risco permanente. Os policiais que se foram deixaram seu legado, sua contribuição para a Polícia Militar e para a sociedade e, por isso, serão eternamente lembrados”, destacou a corporação. Os presentes fizeram um minuto de silêncio na Vila do Bonfim para cada um dos agentes mortos no final de semana. 

***

Em tempos de desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informações nas quais você pode confiar. E para isso precisamos de uma equipe de colaboradores e jornalistas apurando os fatos e se dedicando a entregar conteúdo de qualidade e feito na Bahia. Já pensou que você além de se manter informado com conteúdo confiável, ainda pode apoiar o que é produzido pelo jornalismo profissional baiano? E melhor, custa muito pouco. Assine o jornal.


Relacionadas