Malala, vencedora do Nobel da Paz, retorna após 6 anos ao Paquistão

mundo
31.03.2018, 10:30:51
Atualizado: 31.03.2018, 11:14:02
(AFP)

Malala, vencedora do Nobel da Paz, retorna após 6 anos ao Paquistão

Jovem está sendo escoltada em um forte esquema de segurança

Em momentos como o que vivemos, o jornalismo sério ganha ainda mais relevância. Precisamos um do outro para atravessar essa tempestade. Se puder, apoie nosso trabalho e assine o Jornal Correio por apenas R$ 5,94/mês.

A paquistanesa Malala Yousafzai, vencedora do prêmio Nobel da Paz em 2014, retornou a cidade de Mingora, no Vale do Swat, noroeste do Paquistão. Essa é primeira vez que ela retorna ao país desde 2012, quando aos 14 anos de idade foi alvo de um ataque do Taliban por lutar pelo direito das meninas a educação.

Na manhã deste sábado, Ziauddin Yousafzai, pai de Malala, consolava a emocionada jovem, agora com 20 anos, em seu retorno para casa.

O exército do Paquistão providenciou um helicóptero para a viagem de Malala entre Islamabad e Mingora, onde ela chegou antes do amanhecer de quinta-feira, escoltada por forte segurança. Ela pretende retornar ao Reino Unido na segunda-feira.

Malala ganhou o renomado prêmio internacional por sua determinada defesa da educação para mulheres em seu país. Após o ataque ela recebeu um tratamento inicial no Paquistão e foi levada para a Inglaterra, onde vive até hoje. Fonte: Associated Press.

***

Em tempos de coronavírus e desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informação responsável e apurada pela nossa redação que escreve, edita e entrega notícias nas quais você pode confiar. Assim como o de tantos outros profissionais ligados a atividades essenciais, nosso trabalho tem sido maior do que nunca. Colabore para que nossa equipe de jornalistas seja mantida para entregar a você e todos os baianos conteúdo profissional. Assine o jornal.


Relacionadas