Mano diz que Bahia fez bom jogo e lamenta erros individuais

e.c. bahia
01.11.2020, 21:41:00
Atualizado: 01.11.2020, 21:43:48
Para Mano, Bahia precisa pecou nos erros individuais na derrota para o Santos (Foto: Felipe Oliveira/EC Bahia)

Mano diz que Bahia fez bom jogo e lamenta erros individuais

Tricolor voltou a falhar na defesa e caiu para o Santos na Vila Belmiro

Em momentos como o que vivemos, o jornalismo sério ganha ainda mais relevância. Precisamos um do outro para atravessar essa tempestade. Se puder, apoie nosso trabalho e assine o Jornal Correio por apenas R$ 5,94/mês.

Os problemas defensivos têm atormentado a vida do Bahia na temporada 2020. Contra o Santos, ontem na Vila Belmiro, o tricolor voltou a apresentar fragilidade e ainda no primeiro tempo sofreu os três gols que decretaram a derrota em terras paulistas: 3x1.
 
Ao final do jogo, o técnico Mano Menezes lamentou os erros individuais que levaram ao tropeço. Para ele, o sistema está sendo ajustado de forma eficaz, mas ainda falta certa concentração de algumas peças durante as partidas.
 
“Não acho que tomamos gols por falha no sistema defensivo. Tomamos gols por falhas individuais. É uma coisa diferente. O Bahia fez um bom jogo, mas quando perde é difícil o treinador chegar aqui e falar que o time fez um bom jogo. Mas o Bahia criou oportunidades, chutou duas bolas no poste... poderia ter saído daqui, com a bola que jogou, com o resultado diferente. Cometeu falhas que não se pode cometer, isso tem nos custado resultados importantes, tem sido uma tônica, batemos em cima disso. Acredito que se a equipe jogar, na quinta-feira, o que jogou hoje, ajustando essas falhas, vamos passar na Sul-Americana e depois voltar a vencer no Campeonato Brasileiro”, analisou Mano.

Quinta, o tricolor encara o Melgar, na Fonte Nova, pelo jogo de volta da segunda fase da Sul-Americana. O time precisa reverter a derrota de 1x0 sofrida no Peru. 

Mano disse ainda que tem conversado com os atletas para minimizar os erros quem estão sendo cometidos. Em 18 jogos pela Série A, o Bahia saiu sem ser vazado em apenas dois. Nos triunfos sobre o Coritiba, na estreia, e Vasco, ambos em Pituaçu.

“Erros individuais sempre são difíceis de explicar. Temos trabalhado na conscientização dos jogadores, no comprometimento de fazer. Sinto que eles estão comprometidos em querer acertar, mas temos cometidos erros sem explicação”, disse.

***

Em tempos de coronavírus e desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informação responsável e apurada pela nossa redação que escreve, edita e entrega notícias nas quais você pode confiar. Assim como o de tantos outros profissionais ligados a atividades essenciais, nosso trabalho tem sido maior do que nunca. Colabore para que nossa equipe de jornalistas seja mantida para entregar a você e todos os baianos conteúdo profissional. Assine o jornal.


Relacionadas