Marca baiana Com amor, Dora propõe a valorização de corpos possíveis

correio afro
07.07.2021, 08:40:00
Atualizado: 07.07.2021, 08:40:25
Isadora Alves, criadora da Com amor, Dora (Fotos: divulgação)

Marca baiana Com amor, Dora propõe a valorização de corpos possíveis

Criada há 9 anos pela designer baiana Isadora Alves, etiqueta iniciou um novo capítulo em sua trajetória 

Há nove anos, Isadora Alves lançava sua marca: Com amor, Dora. Famosa pelos adereços para cabelo que produzia, a empreendedora foi, aos poucos, se lançando em novos voos criativos, propondo roupas que podiam ser usadas por todas as mulheres - independentemente de peso, altura ou idade - até chegar aos tempos atuais, quando inicia um outro capítulo de uma história cheia de aventuras, desafios e recomeços.

Dora acaba de começar uma nova fase em sua marca. Através das roupas que cria, propõe algo ainda muito difícil nos tempos atuais: a valorização dos corpos reais e possíveis em um exercício de moda afetiva, latina, criativa e democrática.

“Quero ajudar a mulher soteropolitana e brasileira a se empoderar e lidar com sua autoestima de uma forma mais consciente, através de roupas e acessórios incríveis, leves, fluídas, coloridas e cheias de vida”, explica Dora.

“Hoje, a atividade principal da empresa é elevar a autoestima da mulher através de roupas e acessórios democráticos que a ajudem na compreensão e amadurecimento da ideia acerca da a multiplicidade dos corpos”, defende Dora, que já trazia esse conceito para sua marca, mas agora decidiu reafirmar esta identidade, reforçando também o trabalho manual afetivo e a costura criativa como bases sólidas do processo de produção e distribuição das peças. 

A marca também promoverá a conscientização e criticidade acerca dos mitos que envolvem a padronização da beleza. “Democratizar a moda varejista soteropolitana e potencializar a reflexão acerca da autoestima para o maior número de mulheres através de roupas com identidade latino-americana”, determina a empreendedora, que promove o auto-amor, não importa que corpo você tem. 

“Nossos principais valores são o respeito à ancestralidade feminina familiar onde a costura é a base do negócio. Trabalho ético, feito por mãos de mulheres, respeitando o tempo do trabalho manual e artesanal. Transparência e afetividade na relação com parceiros e clientes”.

Além do e-commerce www.comamordora.com.br, as peças da marca baiana podem ser adquiridas pelo Instagram.

A Com Amor, Dora é uma das marcas que integra o time de criativos do Afro Dashion Day, projeto idealizado pelo CORREIO.

***

Em tempos de coronavírus e desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informação responsável e apurada pela nossa redação que escreve, edita e entrega notícias nas quais você pode confiar. Assim como o de tantos outros profissionais ligados a atividades essenciais, nosso trabalho tem sido maior do que nunca. Colabore para que nossa equipe de jornalistas seja mantida para entregar a você e todos os baianos conteúdo profissional. Assine o jornal.


Relacionadas