Mau uso é a principal causa de entupimento em encanamentos, veja como evitar

economia
14.06.2018, 06:00:00
Isaura Malaquias, do Senai, afirma que tubos mal armazenados podem se romper depois de instalados (Foto: Almiro Lopes/ CORREIO)

Mau uso é a principal causa de entupimento em encanamentos, veja como evitar

Prevenção é a melhor alternativa para driblar as dores de cabeça e prejuízos no bolso

No dia a dia, os problemas com o encanamento do imóvel estão entre as principais dores de cabeça dos proprietários. Na cozinha, banheiro ou área de serviço, é só pintar um vazamento ou refluxo que a caça aos responsáveis se espalha pelo lar. Porém, apesar do mau uso ser o principal fator de contribuição para os problemas, a raiz da situação pode estar na construção do imóvel e por isso é importante prevenir, conhecer as possíveis causar e ter sempre à mão o contato de um bom encanador para responder ao problema antes que o prejuízo aumente. 

De acordo com cooordenador da empresa de manutenção e serviços Servlar, Adailton Sales, os contratempos mais comuns são entupimentos provocados pelo descarte indevido de detritos na tubulação. “Cabelo, piaçava ou gordura do sabonete descem pelo ralo, mas já vi casos de pessoas que jogam restos de alimento e material de obra e acabaram entupindo o canal”, diz. 
Por isso, a melhor alternativa é prevenir. Adailton aponta que a limpeza periódica (semanal ou quinzenal) do ralo, com o uso de água morna, evita a obstrução dos encanamentos. “Algumas pessoas preferem usar soda cáustica ou o ‘diabo verde’, mas é importante lembrar que em excesso ou aplicado da maneira errada, pode se misturar com a gordura e calcificar, obstruindo o cano permanentemente. Depois disso, só quebrando tudo para trocar”, avisa.


"Em excesso ou aplicado da maneira errada, o produto desintupidor pode se misturar com a gordura e calcificar, obstruindo o cano permanentemente. Depois disso, só quebrando tudo para trocar” - Adailton Sales, Coordenador da Servlar


Adailton afirma que em caso de entupimento severo tentar corrigir o quadro por conta própria pode causar prejuízos ainda maiores. “Há algum tempo uma cliente nos ligou dizendo que o ralo do banheiro apresentava refluxo. Antes de chegarmos lá, a empregada tentou desentupir com um cabo de vassoura e rompeu o cano”.  

Construção
Apesar do uso inapropriado ser o principal vilão das tubulações, é necessário estar atento se o problema não foi provocado por defeitos da construção. A coordenadora dos cursos de construção civil do Senai, Isaura Malaquias, explica que vistoriar regularmente o imóvel e contar com a consulta de profissionais qualificados podem ser as garantias na hora de cobrar a reparação da construtora. “Exemplos como encanamento mal armazenado antes da instalação e depois de instalado apresente rompimentos, má colagem dos tubos, ou mesmo a acomodação da estrutura são fatos que podem acontecer”, explica. Nesse tipo de situação é importante buscar um laudo técnico e acionar a construtora para que a empresa efetue o conserto.
 

Fique de olho nos cuidados

Prevençao  Além da limpeza da tampa do ralo, remova a peça e retire a sujeira aparente com o auxílio de uma luva, esse procedimento deverá ser realizado semanal ou quinzenalmente. Uma opção prática para auxiliar a higienização do canal, é a utilização de água com detergente líquido ou sabão em pó. A mistura deve ser despejada aos poucos diretamente na boca o cano e ajuda a derreter a gordura que obstrui o encanamento. 

Lixo no lixo Evite descartar resíduos sólidos ou líquidos gordurosos através do encanamento, seja da pia ou do box. É importante salientar que durante a decomposição, o óleo de cozinha produz o gás metano, o que provoca mau-cheiro e também pode causar corrosões na tubulação. A prática de jogar papel higiênico no vaso sanitário também pode contribuir para o entupimento da tubulação.

Produtos Existem diversas opções de produtos que auxiliam no desentupimento do encanamento em caso de obstrução por gordura. As soluções podem ser encontradas em formato líquido ou granulado, mas é importante estar atento às instruções do rótulo e evitar o contato com a pele. Especia-
listas indicam evitar o uso em excesso, pois a sobra de resí-
duos do produto pode provocar calcificação e causar um pro-
blema que só será solucionado com a troca de todo o cano afetado.

Sifão No caso da pia, o entupimento pode ser provocado por sujeira acumulada no sifão. A estratégia nesse caso é desrosquear a peça e limpá-la manualmente com esponja e detergente neutro.

Profissional Se a causa da obstrução não for aparente e as estratégias citadas anteriormente não funcionarem, evite tentar solucionar o problema por conta própria. Acione um encanador para uma avaliação mais detalhada da situação. O profisisonal pode efetuar o reparo com o equipamento apropriado, e também identificar se o defeito não é pré-
existente, facilitando o acionamento da construtora.

***

Em tempos de desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informações nas quais você pode confiar. E para isso precisamos de uma equipe de colaboradores e jornalistas apurando os fatos e se dedicando a entregar conteúdo de qualidade e feito na Bahia. Já pensou que você além de se manter informado com conteúdo confiável, ainda pode apoiar o que é produzido pelo jornalismo profissional baiano? E melhor, custa muito pouco. Assine o jornal.


Relacionadas