Mercado Municipal para 124 comerciantes é inaugurado no Jardim Cruzeiro

salvador
25.05.2019, 18:01:00
Atualizado: 25.05.2019, 18:01:50
Clientes escolhem produtos no mercado (Foto: Evandro Veiga/ CORREIO)

Mercado Municipal para 124 comerciantes é inaugurado no Jardim Cruzeiro

A Prefeitura investiu cerca de R$ 2,5 milhões na obra, com recursos próprios

Construído do zero para promover a inclusão social e produtiva de pequenos empreendedores, a Prefeitura inaugurou neste sábado (25) o Mercado Municipal da Rua Rezende Costa, no bairro Jardim Cruzeiro, na Cidade Baixa. O prefeito ACM Neto esteve presente na cerimônia na companhia do vice-prefeito e secretário de Infraestrutura (Seinfra), Bruno Reis, e do secretário municipal de Ordem Pública (Semop), Felipe Lucas.

Agora, eles contam com um mercado coberto, numa área de 1.103,17 metros quadrados, localizado próximo à feirinha do bairro, que será desativada em breve. A Prefeitura investiu cerca de R$ 2,5 milhões na obra, com recursos próprios. O mercado contará com 24 boxes para comercialização de frutas, verduras, embalagens e serviços. Terá ainda restaurantes e lanchonetes e 100 bancadas para venda de frutas, verduras, tempero verde e miudezas.

Os 124 comerciantes que conseguiram a permissão para trabalhar no novo centro foram cadastrados de forma prévia pela Semop, para que possam ocupar o mercado logo já na inauguração. O equipamento foi construído próximo ao local onde os comerciantes já atuavam há mais de 50 anos e era uma reivindicação há pelo menos 30. Antes, eles trabalhavam nas ruas, usando caixas de madeira e sem a infraestrutura necessária, inclusive de higiene.

O prefeito ACM Neto ressaltou o compromisso que fez com os comerciantes do local antes mesmo de ser prefeito. Segundo ele, o novo mercado lhe faz lembrar de quando concorreu em sua primeira eleição, como candidato a deputado federal, em 2002, onde caminhava pela Cidade Baixa, vendo os problemas de perto, o que motivou sua decisão de realizar a construção.

"Eu procurei trilhar a minha vida pública pelas ruas, vendo de perto os problemas. Digo sempre, não é preciso nascer pobre para entender a pobreza. A população também desejava esse mercado porque agora pode fazer as compras num local estruturado, adequado, com toda estrutura necessária para o trabalho desses 124 pequenos empreendedores. Eu disse que a gente faria esse mercado, sempre me coloquei ao lado de vocês. Aqui está mais uma prova desse compromisso", afirmou Neto, que visitou todas as instalações do equipamento e até arriscou alguns passos de forró.

Neto arrisca passos de forró durante a inauguração do mercado (Foto: Valter Pontes/ Secom)

Para Felipe Lucas, a entrega da obra é um presente e uma prestação de contas com a população. Ele afirma não ter se intimidado com a missão que tinha pela frente ao assumir a Semop. "Trabalho e dedicação são elementos que nunca me faltaram. Assim estou fazendo e continuarei a fazer. Vocês que atuam no comércio informal de Salvador podem confiar neste governo municipal. Vamos continuar investindo para organizar e dar mais qualidade ao comércio de rua de nossa cidade, apostando em vocês", disse o titular da Semop.

Bênção
Ao lado de seu filho mais velho, a feirante e moradora do Uruguai, Romildes Oliveira, 50 anos, elogiou e agradeceu muito pelo novo espaço para expor suas mercadorias. Para ela, o Mercado Municipal veio como uma bênção. “Nós tínhamos uma barraca de tábua na rua, corríamos perigo de acontecer um acidente com algum carro. Aqui ficou muito melhor e nós temos muito que agradecer. É bem melhor do que está no meio da rua, é bem mais seguro também, e a vendagem até melhorou”, afirmou Romildes.  

Enquanto aguardava sua mercadoria de frutas chegar, Justiniano Ferreira, 70, ficou tomando conta do espaço e mercadoria de seu amigo Virgulino, que vende farinha ao seu lado. Ele conta que o espaço ficou ótimo para os feirantes do local.

“Ficou uma beleza. Nossas barracas erram quase no meio da rua por falta de opção, em tempo de ser atropelados. Quando minha mercadoria chegar, já começo a vender no meu box, feliz da vida”, disse Justiniano, mostrando sua carteirinha da Associação de Feirantes.

Feliz com a homenagem feita pela Prefeitura ao seu pai, Antônio do Milhão, já falecido, o presidente da Associação dos Feirantes do Jardim Cruzeiro, Nilton Borges, 50, comemorou a entrega do novo centro de conveniência. “Não é apenas um mercado, aqui é como se fosse um shopping para a gente. Nós temos uma associação forte, que batalhou durante 30 anos por essa conquista. As pessoas que trabalham aqui passam a tradição de pai para filho, como é o meu caso”, contou Nilton.

O vice-presidente da Associação, Rafael Araújo, 30, agradeceu e parabenizou o prefeito ACM Neto pelo novo Mercado. “Não tenho palavras para mensurar isso tudo aqui. Era uma luta de mais de 30 anos que existia em nossa comunidade. Hoje, esse sonho se tornou realidade e é muito gratificante, estamos realizados”, afirmou Rafael.

Movimentação na porta do mercado momentos antes da inauguração (Foto: Evandro Veiga/ CORREIO)

Outros investimentos
O vice-prefeito e secretário municipal de Obras e Infraestrutura, Bruno Reis, lembrou que a Prefeitura está construindo ou reconstruindo outros mercados populares, a exemplo do de São Cristóvão e de São Miguel (Baixa dos Sapateiros). Além disso, o Mercado de Cajazeiras também passa por obras após ter sido atingido por um incêndio.

"Adversários nossos diziam que a gente iria perseguir os ambulantes e feirantes. E todos estão vendo que isso era uma grande mentira. Estamos construindo estruturas de primeira para apoiar vocês. Já inauguramos vários mercados que visam justamente oferecer melhores condições de trabalho para o pequeno comerciante, o que é bom também para a população", declarou Bruno Reis.

Desde 2013, a prefeitura entregou nove mercados e feiras construídos ou requalificados. A lista envolve os mercados da Liberdade, das Flores, Dois de Julho, Periperi, Itapuã e de Água de Meninos, além das feiras de Cosme de Farias e Castelo Branco e o camelódromo da Baixa dos Sapateiros.

* Com supervisão do editor Wladmir Pinheiro


Relacionadas
Correio.play
https://www.correio24horas.com.br/noticia/nid/antes-de-jogar-carro-contra-caminhao-pai-manda-filho-gravar-video-adeus-mae/
Garoto e o pai, que não aceitava fim de casamento, morreram na batida
Ler Mais
https://www.correio24horas.com.br/noticia/nid/morre-em-sp-o-cantor-portugues-roberto-leal-aos-67-anos/
O cantor vinha há dois anos tratando um câncer de pele, e teve complicações na última semana
Ler Mais
https://www.correio24horas.com.br/noticia/nid/toquinho-ivan-lins-e-mpb4-comemoram-50-anos-de-musica/
Artistas trazem a Salvador show que está há 4 anos na estrada e no qual cantam seus grandes sucessos
Ler Mais
https://www.correio24horas.com.br/noticia/nid/teago-oliveira-se-prepara-para-lancar-o-primeiro-album-solo/
Vocalista da banda Maglore é o convidado da coluna Meu Domingo
Ler Mais
https://www.correio24horas.com.br/noticia/nid/torcedores-do-vitoria-arrecadam-latas-de-sardinha-apos-milho-na-fonte-nova/
Revanche para milho derramado na Fonte Nova antes do jogo do Vitória veio também em forma de provocação
Ler Mais
https://www.correio24horas.com.br/noticia/nid/antes-de-jogo-do-vitoria-dezenas-de-quilos-de-milho-sao-despejados-no-entorno-da-fonte-nova/
https://www.correio24horas.com.br/noticia/nid/famosa-por-covers-de-amy-clariana-lanca-primeiro-ep-com-musicas-autorais/
Cantora baiana apresenta 'Pra Sentir', com três faixas inéditas; confira
Ler Mais
https://www.correio24horas.com.br/noticia/nid/enganado-nigeriano-que-aparece-em-video-do-governo-bolsonaro-e-alvo-de-racismo/
'Fiquei mal, não consegui sair de casa', relata professor que vive em Salvador
Ler Mais