Militares aparecem com máscaras desenhadas no 'Paint' viram chacota na web

em alta
23.01.2021, 11:20:56
Atualizado: 23.01.2021, 11:54:07
(Reprodução)

Militares aparecem com máscaras desenhadas no 'Paint' viram chacota na web

Fotos eram de curso realizado na Marinha

Em momentos como o que vivemos, o jornalismo sério ganha ainda mais relevância. Precisamos um do outro para atravessar essa tempestade. Se puder, apoie nosso trabalho e assine o Jornal Correio por apenas R$ 5,94/mês.

Alguns militares não estavam usando as máscaras de proteção em algumas fotos tiradas pelo Exército. Para resolver o problema, o setor de comunicação da corporação resolveu desenhá-las no Paint, ou em algum outro aplicativo de edição. Então as fotografias, referentes a um curso que o Exército realizou na Marinha do Brasil, em novembro do ano passado, foram publicadas em um site dos militares.

Segundo o G1, as atividades realizadas pelos militares ocorreram no Centro de Medicina Operativa da Marinha (CMOpM) e contaram com a participação de 22 pessoas. Um texto sobre o curso chegou a ser veiculado no site do Exército e posteriormente apagado.

A finalidade da capacitação, segundo o texto, foi proporcionar aos militares condições de aplicarem os conhecimentos práticos adquiridos no socorro e no resgate de vítimas clínicas ou de trauma.

Meme
Assim que descobriram a artimanha, os usuários das redes sociais comentaram com piadas sobre as máscaras manipuladas digitalmente.

"Olha que curioso: você entra no site do Centro de Avaliações do Exército (CAEx) e vê uma foto bizarramente alterada no Paint para pintar máscaras pretas nos militares", escreveu um usuário do Twitter.

"O Exército Brasileiro pintou artificialmente máscaras em seus funcionários que executavam uma missão. Desisto!", afirmou outro.

Veja fotos:

(Reprodução)
(Reprodução)
(Reprodução)

***

Em tempos de coronavírus e desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informação responsável e apurada pela nossa redação que escreve, edita e entrega notícias nas quais você pode confiar. Assim como o de tantos outros profissionais ligados a atividades essenciais, nosso trabalho tem sido maior do que nunca. Colabore para que nossa equipe de jornalistas seja mantida para entregar a você e todos os baianos conteúdo profissional. Assine o jornal.


Relacionadas