Ministro da Educação diz que não adianta ter diploma 'porque não tem emprego'

brasil
22.08.2021, 09:10:00
(Foto: Divulgação)

Ministro da Educação diz que não adianta ter diploma 'porque não tem emprego'

Milton Ribeiro disse que muitos ainda ficam endividados com financiamentos estudantis

O ministro da Educação, Milton Ribeiro, afirmou que não adianta buscar diploma universitário porque, ao terminar os cursos, estudantes ficam endividados "porque não tem emprego". A declaração foi feita em um evento na cidade de Nova Odessa, no sábado (22). 

"Que adianta você ter um diploma na parede, o menino faz inclusive o financiamento do FIES que é um instrumento útil, mas depois ele sai, termina o curso, mas fica endividado e não consegue pagar porque não tem emprego", disse o ministro. 

Na ocasião, estudantes protestavam do lado de fora e foram impedidos de se aproximar por policiais militares que estavam no local. 

Essa é mais uma fala de uma sequência de declarações do ministro consideradas problemáticas nos últimos dias. No início do mês, ele afirmou que a universidade deveria ser um espaço "para poucos" na sociedade. Ribeiro afirmou, ainda, que reitores de universidades federais não podem ter posicionamentos contrários ao presidente Jair Bolsonaro. 

Na última quinta-feira (19), o titular do MEC afirmou que há crianças com grau de deficiência que tornaria "impossível a convivência em sala de aula". Ele defendeu o uso de salas especiais para esses alunos. 

As falas têm recebido críticas de specialistas em Educação e Direitos Humanos. 

***

Em tempos de coronavírus e desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informação responsável e apurada pela nossa redação que escreve, edita e entrega notícias nas quais você pode confiar. Assim como o de tantos outros profissionais ligados a atividades essenciais, nosso trabalho tem sido maior do que nunca. Colabore para que nossa equipe de jornalistas seja mantida para entregar a você e todos os baianos conteúdo profissional. Assine o jornal.


Relacionadas