Ministro da Saúde diz que estados podem começar a vacinar contra covid hoje

coronavírus
18.01.2021, 08:01:00
Atualizado: 18.01.2021, 08:41:33
(Tânia Rêgo/Agência Brasil)

Ministro da Saúde diz que estados podem começar a vacinar contra covid hoje

As caixas saíram do centro de distribuição de logística do Ministério da Saúde em Guarulhos

O ministro da Saúde, Eduardo Pazuello, afirmou, nesta segunda-feira (18), que a vacinação contra a Covid-19 será iniciada a partir das 17h em todo o país. A previsão inicial era de que a imunização começasse na próxima quarta-feira (20).

A informação foi divulgada durante a cerimônia de distribuição das doses da Coronavac com governadores em Guarulhos, São Paulo. "A todos as famílias das vítimas recebam a nossa solidariedade, é muito difícil perder alguém que amamos. Está dado o primeiro passo para a maior campanha de vacinação do mundo", afirmou o ministro.

O secretário estadual da Saúde, Fábio Villas-Boas, disse em um post no Twitter que não há confirmação de que a vacinação comece hoje na Bahia, devido à falta de informações precisas sobre o horário de saída do voo da Força Aérea Brasileira (FAB) para o estado.

Ele ressaltou que o importante é fazer o transporte das doses com cuidado. "O mais importante é fazer a distribuição com muita cautela e responsabilidade. São produtos imunobiológicos perecíveis que necessitam cuidado especial no transporte e armazenamento. Além da questão da segurança", escreveu.

As caixas saíram do centro de distribuição de logística do Ministério da Saúde em Guarulhos, na Grande São Paulo. O uso emergencial das 6 milhões de doses prontas vindas da China foi aprovado neste domingo (17) pela Anvisa.

Por volta das 5h, caminhões de carga refrigerados começaram a deixar o centro de distribuição escoltados por carros da Polícia Federal. Cem caminhões farão o transporte da vacina.

***

Em tempos de coronavírus e desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informação responsável e apurada pela nossa redação que escreve, edita e entrega notícias nas quais você pode confiar. Assim como o de tantos outros profissionais ligados a atividades essenciais, nosso trabalho tem sido maior do que nunca. Colabore para que nossa equipe de jornalistas seja mantida para entregar a você e todos os baianos conteúdo profissional. Assine o jornal.


Relacionadas