Morre amigo de percussionistas gêmeos baleado em ataque em Brotas

salvador
01.04.2016, 14:14:00
Atualizado: 01.04.2016, 15:32:50

Morre amigo de percussionistas gêmeos baleado em ataque em Brotas

Marivaldo Lima dos Santos estava internado desde o início de março; corpo será enterrado nesta sexta-feira
Marivaldo foi morto no mesmo ataque que matou gêmeo
(Foto: Reprodução)

Depois de quase um mês internado, morreu a segunda vítima do atentado em Brotas que matou o percussionista Josino Eduardo Santos Rodrigues e deixou baleado o seu irmão gêmeo, o também percussionista Eduardo Josino Santos Rodrigues.

Marivaldo Lima Santos, 48 anos, estava internado no Hospital Geral do Estado (HGE) e morreu na quinta-feira (31). O corpo dele será enterrado no Cemitério Municipal de Brotas, às 14h desta sexta-feira (1). 

Segundo informações da Secretaria de Saúde do Estado da Bahia (Sesab), durante a internação, Marivaldo foi submetido a cirurgia para retirada do projétil, esteve internado em UTI e na enfermaria de clínica. A Sesab disse não poder dar mais informações do paciente, por se tratar de sigilo médico. 

Marivaldo conversava com um grupo de amigos na Rua Alto do Saldanha, onde morava, por volta das 20h do dia 5 de março, quando dois homens se aproximaram do grupo e começaram a atirar. Ele foi atingido na região cervical, tórax e braço esquerdo. 

Josino era um dos homens que fazia parte do grupo de amigos. Ele foi atingido por vários tiros, em diferentes partes do corpo, e morreu no local. O corpo de Josino foi sepultado no Cemitério Municipal de Brotas dois dias depois.

O irmão gêmeo do percussionista, Eduardo Josino, também estava presente no momento do ataque e foi atingido por quatro tiros. Eduardo e Marivaldo foram socorridos por moradores da região ao HGE. Eduardo precisou passar por cirurgia para retirada dos projéteis e recebeu alta do HGE no dia 11 de março.

A causa da morte de Marivaldo ainda não foi divulgada pela Secretaria de Saúde do Estado da Bahia (Sesab).

***

Em tempos de coronavírus e desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informação responsável e apurada pela nossa redação que escreve, edita e entrega notícias nas quais você pode confiar. Assim como o de tantos outros profissionais ligados a atividades essenciais, nosso trabalho tem sido maior do que nunca. Colabore para que nossa equipe de jornalistas seja mantida para entregar a você e todos os baianos conteúdo profissional. Assine o jornal.


Relacionadas