Morre o Príncipe Philip, marido da Rainha Elizabeth II, aos 99 anos

mundo
09.04.2021, 08:05:33
Atualizado: 09.04.2021, 09:02:24
(Foto: Divulgação)

Morre o Príncipe Philip, marido da Rainha Elizabeth II, aos 99 anos

Notícia foi confirmada pela Família Real Britânica

Em momentos como o que vivemos, o jornalismo sério ganha ainda mais relevância. Precisamos um do outro para atravessar essa tempestade. Se puder, apoie nosso trabalho e assine o Jornal Correio por apenas R$ 5,94/mês.

Foi anunciada, na manhã desta sexta-feira (9), a morte do Príncipe Philip, da Inglaterra, marido da rainha Elizabeth II. A causa da morte ainda não foi revelada. Phillip tinha 99 anos e completaria 100 em junho.

Conheça a vida e trajetória do príncipe Philip

"É com profunda tristeza que Sua Majestade a Rainha anunciou a morte de seu amado marido, Sua Alteza Real, o Príncipe Philip, Duque de Edimburgo. Sua Alteza Real faleceu pacificamente esta manhã no Castelo de Windsor", escreveu o perfil oficial da família real britânica no Twitter.

Em fevereiro, Philip foi internado na Inglaterra após um mal estar. Ele passou por uma cirurgia cardíaca e ficou um mês internado, recebendo alta no dia 16 de março.

Leia mais: o dia em que a Rainha Elizabeth veio para Salvador

Philip e Elizabeth se casaram em 1947, cinco anos antes dela se tornar rainha. Eles tiveram quatro filhos, oito netos e 10 bisnetos.

Casamento de Philip com Elizabeth ocorreu em 1947 (Foto: Divulgação)

Saúde frágil
A saúde do príncipe Philip vinha se deteriorando lentamente há alguns anos. Em maio de 2017, ele anunciou que estava renunciando dos compromissos reais. Na oportunidade, o membro da realeza brincou que não consegua mais se levantar.

A última aparição oficial dele foi no final daquele ano, durante um desfile da Marinha Real no pátio do Palácio de Buckingham.

Desde então, o príncipe raramente foi visto em público, passando a maior parte de seu tempo dentro de casa. 

Em 2019, o duque passou quatro noites em um hospital de Londres para observação e tratamento de uma "condição pré-existente".

Apesar de viver em silêncio, longe dos olhos do público, ele ganhou as manchetes quando se envolveu em um acidente de carro em janeiro de 2019. 

***

Em tempos de coronavírus e desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informação responsável e apurada pela nossa redação que escreve, edita e entrega notícias nas quais você pode confiar. Assim como o de tantos outros profissionais ligados a atividades essenciais, nosso trabalho tem sido maior do que nunca. Colabore para que nossa equipe de jornalistas seja mantida para entregar a você e todos os baianos conteúdo profissional. Assine o jornal.


Relacionadas