MP da Crise Hídrica desconsidera energia renovável do Nordeste

donaldson gomes
15.10.2021, 05:00:00

MP da Crise Hídrica desconsidera energia renovável do Nordeste

Crise da MP
A Medida Provisória criada para tratar da crise hídrica recebeu tantas alterações – jabuticabas, no jargão político – que periga ampliar o problema se passar do jeito que está. Além de trazer graves prejuízos para a Bahia e o restante do Nordeste, ao desprezar o potencial da energia renovável, limpa e mais barata, disponível na região. Entre outras coisas, o relatório agora prevê a contratação de 8 mil megawatts (MW) de usinas térmicas a gás natural, o que vai requerer R$ 33 bilhões em investimentos, estima a Associação dos Grandes Consumidores Industriais de Energia (Abrace). Outra jabuticaba é a renovação do subsídio para o carvão mineral, que deve ter um impacto de R$ 46,5 bilhões. 

Na contramão
Os investimentos em usinas térmicas e em carvão seriam compreensíveis se não houvesse alternativas, mas apenas no segundo semestre deste ano, o Operador Nacional do Sistema Elétrico (ONS) identificou 10 recordes na produção de energia renovável no Nordeste. Pela primeira vez, a força dos ventos foi capaz de gerar mais do que a energia necessária para abastecer a região durante 24 horas. 

Potencial
Dados do ONS apontam que a energia eólica hoje representa 10,9% da matriz elétrica brasileira, com expectativa de alcançar 13,6%, no final de 2025. Já a energia solar representa 2% da matriz, devendo chegar 2,9% até o fim deste ano. Por que não focar os esforços nestas alternativas?

Ferro baiano
Mesmo ainda em fase de pesquisa, a atuação da Brazil Iron vem trazendo impactos para a economia dos municípios de Piatã e Abaíra, na Chapada Diamantina. Atualmente, a empresa extrai em caráter experimental, em média, 50 mil toneladas por mês de minério de ferro – granulado e sinter feed – destinadas ao mercado interno e externo. A companhia detém reservas estimadas em 36 milhões de toneladas e conta com alvo de exploração de 500 milhões de toneladas. Atualmente, a mineradora emprega cerca de 400 trabalhadores, 80% naturais dos dois municípios. Além disso, mais de 2000 empregos indiretos são gerados pela operação. Entre 2019 e 2020, a companhia gerou uma receita de R$ 20 milhões para Piatã e Abaíra, por meio do pagamento de Cfem, os royalties da mineração. 

Arrumação
A Gol anunciou novas rotas em parceria com a Voepass e adequações da malha partindo de Salvador. Foram readequados, a partir de dezembro, trechos que ligam cidades no Nordeste como Maceió (AL), Aracaju (SE), Petrolina (PE), Vitória da Conquista (BA), Porto Seguro (BA) e Ilhéus (BA). De acordo com a Gol, as alterações vão alimentar novas estruturas de conectividade na base, consolidando a importância do hub da capital baiana e seu pilar de conectividade. Guarulhos, em São Paulo, também ganhou conectividade para o interior paulista e para o Rio de Janeiro em 2022.

Mercado livre
Luiz Fernando Leone Vianna, presidente da Delta Geração, e Luiz Vianna, presidente da Lactec, discutem hoje o mercado livre de energia, num almoço-debate do Lide Bahia, no Fera Palace Hotel.

Lançamento
O residencial RV Conceito será lançado pela MVL Incorporadora e INOVA Empreendimentos no dia 19/10, às 19 horas, pelo Youtube do empreendimento.

Aniversário
A Cencosud Brasil lança a 2ª edição da campanha “Juntos Mais Fortes”, com todos os negócios do grupo no Brasil: GBarbosa, Mercantil, Perini, Prezunic, Bretas, Spid (rede de conveniência 100% online) e o Cartão Cencosud. Os clientes têm ofertas exclusivas e podem concorrer a prêmios.
 

***

Em tempos de coronavírus e desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informação responsável e apurada pela nossa redação que escreve, edita e entrega notícias nas quais você pode confiar. Assim como o de tantos outros profissionais ligados a atividades essenciais, nosso trabalho tem sido maior do que nunca. Colabore para que nossa equipe de jornalistas seja mantida para entregar a você e todos os baianos conteúdo profissional. Assine o jornal.


Relacionadas