Mulheres dominam: veja perfil do público que visita o memorial de Irmã Dulce

salvador
01.10.2019, 05:10:00
(Divulgação)

Mulheres dominam: veja perfil do público que visita o memorial de Irmã Dulce

Pesquisa mostra ainda realidade econômica e de estudos dos visitantes

Em momentos como o que vivemos, o jornalismo sério ganha ainda mais relevância. Precisamos um do outro para atravessar essa tempestade. Se puder, apoie nosso trabalho e assine o Jornal Correio por apenas R$ 5,94/mês.


Turistas, mulheres e com idade entre 46 e 65 anos. Esse é o perfil da maior parte das pessoas que visitam o Memorial Irmã Dulce, que fica localizado num prédio anexo ao Convento Santo Antônio, na sede das Obras Sociais Irmã Dulce (OSID), no bairro de Roma.

A pesquisa que traçou o perfil dos visitantes foi realizada pela UNIFACS, entre 13 de agosto e 1º de setembro deste ano. O objetivo é avaliar o potencial do turismo religioso no local, principalmente após o anúncio da canonização da religiosa, que no dia 13 de outubro passará a ser chamada de Santa Dulce dos Pobres.

Os dados do levantamento mostram que 55% dos visitantes do local, que inclui o memorial, santuário, loja e café, não moram em Salvador. Ao todo, são 30% de pessoas vindas de outros municípios baianos e 25% de outros estados do Brasil.

Entre os que moram fora da capital baiana, 32,8% vieram a Salvador motivados pelo turismo religioso, especialmente para conhecer a OSID, enquanto 27,6% afirmaram estar na cidade a lazer e aproveitaram para visitar a obra.

Do total de visitantes, 46% visitaram o memorial pela primeira vez. As principais motivações são devoção a Irmã Dulce (46%) e desejo de conhecer mais sobre a religiosa (42%).

A pesquisa mostrou ainda que a maioria das pessoas que visitam o local têm entre 56 a 65 anos (27%), seguido da faixa de 46 a 55 anos, com 26%. Já o público que tem de 36 a 45 anos, significa 22%. Ao todo, desse público, 73% são mulheres e 27% são homens.

A maior parte dos visitantes tem Ensino Superior completo (30%), seguido de quem tem apenas o Ensino Médio completo (27%). Já o rendimento mensal dos entrevistados varia bastante, mas a predominância é de pessoas que ganham até um salário mínimo (24,2%). No outro extremo, há pessoas com renda superior a oito salário mínimos, que representam 22,2% dos visitantes.

Pesquisa
A professora do Programa de Pós-Graduação em Administração da UNIFACS, Marluce Lodi, e coordenadora da pesquisa, explica que a iniciativa é fundamental para conhecer melhor o público que visita o memorial e, consequentemente, canalizar melhor as ações promovidas no local.

“Queremos conhecer quem visita o OSID e identificar o nível de satisfação deles em relação à sua estrutura e entorno. Por isso é importante coletar informações, para que se possa oferecer o produto e serviço adequado a esse público”, relata.

A pesquisa faz parte de uma série de ações que a Unifacs tem feito para estruturar um arranjo produtivo local (APL) para o chamado Território Santo, que é a região que localizada entre a Basílica da Conceição da Praia, no Comércio, até a Igreja da Penha, localizada na península de Itapagipe.

O objetivo maior, segundo a instituição, é estudar culturas locais e atores sociais dessa região, para fomentar o turismo no entorno do santuário de Irmã Dulce e em todos os pontos religiosos da Cidade Baixa. Isso, segundo esperam, pode dinamizar a economia local, fortalecer as comunidades existentes na região e estimular o desenvolvimento social.

Até o momento, já foram mapeados 15 atrativos na região por onde circulou Irmã Dulce. 

***

Em tempos de coronavírus e desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informação responsável e apurada pela nossa redação que escreve, edita e entrega notícias nas quais você pode confiar. Assim como o de tantos outros profissionais ligados a atividades essenciais, nosso trabalho tem sido maior do que nunca. Colabore para que nossa equipe de jornalistas seja mantida para entregar a você e todos os baianos conteúdo profissional. Assine o jornal.


Relacionadas
Correio.play
https://www.correio24horas.com.br/noticia/nid/nivus-ja-rodamos-na-bahia-com-o-novo-suv-da-volkswagen/
Em vídeo, apresentamos as primeiras impressões sobre o veículo que tem piloto automático inteligente e detector de fadiga
Ler Mais
https://www.correio24horas.com.br/noticia/nid/depois-de-zidane-renata-fan-recebe-parabens-de-david-beckham-assista/
Ex-jogador inglês enviou mensagem que foi reproduzida no ‘Jogo Aberto’, da Band
Ler Mais
https://www.correio24horas.com.br/noticia/nid/pf-cumpre-mandados-contra-quadrilha-que-fraudou-mais-de-r-4-milhoes-do-inss/
O grupo é investigado por, pelo menos, 80 benefícios previdenciários suspeitos
Ler Mais
https://www.correio24horas.com.br/noticia/nid/5-filmes-que-voce-deve-assistir-para-apreciar-as-trilhas-de-ennio-morricone/
Compositor, que morreu aos 91 anos, era grande nome da música no cinema
Ler Mais
https://www.correio24horas.com.br/noticia/nid/rapper-baiano-hiran-lanca-segundo-disco-galinheiro/
Disco tem participações especiais de Tom Veloso, Majur e outros artistas
Ler Mais
https://www.correio24horas.com.br/noticia/nid/serie-baiana-que-revela-salvador-sombria-ja-esta-disponivel-no-amazon-prime/
Produção tem roteiro e direção de Julia Ferreira, baiana que estudou cinema em Londres e Madri
Ler Mais
https://www.correio24horas.com.br/noticia/nid/netos-de-luiz-gonzaga-divulgam-nota-de-nojo-por-uso-de-musica-em-live-de-bolsonaro/
Jair Bolsonaro convidou o presidente da Embratur para tocar durante a live da última quinta
Ler Mais
https://www.correio24horas.com.br/noticia/nid/moradores-da-lapinha-falam-ao-contrario-e-tem-um-dialeto-o-gualin/
Há meio século, falar ao contrário é considerado sinal de pertença para os moradores “raiz” do bairro da Lapinha
Ler Mais