Na rua

olhares
12.06.2020, 19:08:53
Atualizado: 12.06.2020, 19:35:52

Na rua

A Bahia já soma 34.665 pessoas infectadas pelo novo coronavírus. Salvador concentra 55,37% de todos as ocorrências do estado e as autoridades pedem cautela e distanciamento social para tentar conter o avanço da doença. Mesmo assim, o CORREIO flagrou aglomerações, gente sem máscara e grande fluxo de veículos pela cidade.

Em momentos como o que vivemos, o jornalismo sério ganha ainda mais relevância. Precisamos um do outro para atravessar essa tempestade. Se puder, apoie nosso trabalho e assine o Jornal Correio por apenas R$ 5,94/mês.

Ambulantes voltaram a atuar na Avenida Joana Angélica há algumas semanas.
Ambulantes voltaram a atuar na Avenida Joana Angélica há algumas semanas. (Tiago Caldas/CORREIO)
Placas lembram dos cuidados importantes para diminuir os riscos do contágio pelo coronavírus.
Placas lembram dos cuidados importantes para diminuir os riscos do contágio pelo coronavírus. (Tiago Caldas/CORREIO)
Com o grande movimento na região, fica difícil manter a distância mínima entre pessoas para evitar a disseminação da covid-19.
Com o grande movimento na região, fica difícil manter a distância mínima entre pessoas para evitar a disseminação da covid-19. (Tiago Caldas/CORREIO)
Apesar da diminuição do fluxo de veículo em Salvador durante a pandemia, ainda é possível ver muitos carros na região do Iguatemi.
Apesar da diminuição do fluxo de veículo em Salvador durante a pandemia, ainda é possível ver muitos carros na região do Iguatemi. (Tiago Caldas/CORREIO)
Na Avenida Paralela, a movimentação também era grande na manhã dessa sexta-feira (12).
Na Avenida Paralela, a movimentação também era grande na manhã dessa sexta-feira (12). (Tiago Caldas/CORREIO)

***

Em tempos de coronavírus e desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informação responsável e apurada pela nossa redação que escreve, edita e entrega notícias nas quais você pode confiar. Assim como o de tantos outros profissionais ligados a atividades essenciais, nosso trabalho tem sido maior do que nunca. Colabore para que nossa equipe de jornalistas seja mantida para entregar a você e todos os baianos conteúdo profissional. Assine o jornal.


Relacionadas