Novo 10, Rodriguinho chega 'ansioso para suprir essa necessidade'

e.c. bahia
17.02.2020, 17:32:00
Atualizado: 17.02.2020, 20:17:57
Rodriguinho chegou ao Bahia para ser o meia que Roger Machado busca para o time (Felipe Oliveira/EC Bahia)

Novo 10, Rodriguinho chega 'ansioso para suprir essa necessidade'

Apresentado no Bahia, meia diz que está livre da lesão na coluna que o fez passar por duas cirurgias em 2019

O Correio oferece acesso livre a todas as notícias relacionadas ao coronavírus. Entendemos que informação séria e confiável é importante nesse momento. Colabore para que isso continue. Assine o Correio.


A reapresentação do elenco do Bahia ficou em segundo plano na Cidade Tricolor. Nesta segunda-feira (17), todas as atenções estavam voltadas para o novo camisa 10 do clube. Depois de ser anunciado oficialmente, o meia Rodriguinho foi apresentado para a imprensa.

Acompanhado do diretor de futebol Diego Cerri, o meia rasgou elogios ao clube no seu primeiro contato com o Esquadrão. "O Bahia tem um poder econômico interessante, uma estrutura boa, um time competitivo, um treinador que respeito e me deu uma estabilidade que eu preciso", disse ao ser questionado sobre os motivos por ter escolhido o Bahia.

Já ao ser perguntado sobre a instabilidade da equipe, o novo contratado mostrou estar a par da realidade, mas preferiu não comentar:

Aos 31 anos, Rodriguinho chega após uma temporada ruim no Cruzeiro. Anunciado com pompas pelo time mineiro - que o contratou como substituto de Arrascaeta -, ele sofreu com lesões na coluna e ainda amargou o rebaixamento à Série B do Brasileirão com a Raposa. Agora, diz que está curado do problema e motivado para dar a volta por cima.

"Sofri um pouco com a coluna no ano passado, graças a Deus está superado. Foi um período difícil, nunca passei isso na carreira, tanto tempo sem jogar. Deixo o meu agradecimento ao DM (departamento médico) do Cruzeiro, me tratou bem. Estou curado, motivado para chegar aqui e fazer um grande trabalho, me preparar bem, estar no meu auge para fazer um grande trabalho e conquistar títulos", explicou o jogador. Em 2019, ele só jogou até o final de maio. Depois passou por cirurgias na coluna em julho e em outubro.

No Bahia, Rodriguinho vai usar a camisa 10, número que estava vago desde a saída de Ramires, emprestado ao Basel, da Suíça, no ano passado. A posição é uma lacuna que o clube tentou preencher em 2019 com a contratação do venezuelano Guerra, sem sucesso.

O meia explica que, além do 10 clássico, pode fazer outras funções do meio-campo e ataque. "A expectativa sempre existe em torno dessa camisa. Me passaram que o pessoal vem cobrando um camisa 10, não desrespeitando o pessoal que está aqui e tem qualidade para essa função. Eu chego ansioso para suprir essa necessidade, motivado para estar ajudando o Bahia a crescer cada vez mais. Que seja um ano de vitórias e conquistas, que a gente possa conquistar os títulos que desejamos".

"Eu já joguei tanto no tripé quanto como dez centralizado, flutuando. Também como segundo atacante. Quanto a isso é muito tranquilo para desempenhar as funções. Roger é um cara experiente, me conhece bem, onde eu posso ter uma melhor performance. A gente vai sentar, vai conversar para saber o que ele quer de mim", disse Rodriguinho.

***

O CORREIO entende a preocupação diante da pandemia do novo coronavírus e que a necessidade de informação profissional nesse momento é vital para ajudar a população. Por isso, desde o dia 16 de março, decidimos abrir o conteúdo das reportagens relacionadas à pandemia também para não assinantes. O CORREIO está fazendo um serviço de excelência para te manter a par de todos os últimos acontecimentos com notícias bem apuradas da Bahia, Brasil e Mundo. Colabore para que isso continue sendo feito da melhor forma possível. Assine o jornal.


Relacionadas
Correio.play
https://www.correio24horas.com.br/noticia/nid/cronista-da-velha-sao-salvador-riachao-imprimiu-marca-pessoal-no-samba/
Cantor e compositor morreu na madrugada de segunda-feira (30), aos 98 anos
Ler Mais
https://www.correio24horas.com.br/noticia/nid/com-musica-dedicada-a-babu-baco-exu-do-blues-lanca-novo-album/
Com 9 músicas, incluindo faixas com críticas a Bolsonaro, EP foi disponibilizado nesta segunda-feira (30)
Ler Mais
https://www.correio24horas.com.br/noticia/nid/itau-cultural-lanca-webserie-gratuita-sobre-preconceito-violencia-e-desigualdade/
Nos primeiros episódios, Novo Mundo traz depoimentos de pastores evangélicos e é opção de reflexão nos dias de quarentena
Ler Mais
https://www.correio24horas.com.br/noticia/nid/salvador-unida-das-janelas-moradores-cantam-parabens-para-salvador/
O CORREIO convidou e soteropolitanos confinados aderiram ao aniversário coletivo de 471 anos da capital
Ler Mais
https://www.correio24horas.com.br/noticia/nid/gusttavo-lima-quebra-recorde-do-youtube-com-live-direto-de-sua-casa/
Foram 5h de show, 750 mil acessos simultâneos e 10 milhões de visualizações
Ler Mais
https://www.correio24horas.com.br/noticia/nid/coronavirus-sindico-instala-pia-na-entrada-de-predio-para-ajudar-vizinhos-idosos/
Espanhol radicado na Bahia decidiu ajudar na higiene no prédio que é síndico em Salvador
Ler Mais
https://www.correio24horas.com.br/noticia/nid/a-fe-nao-costuma-faia-como-manter-a-religiao-em-isolamento/
O amparo na religiosidade é a salvação para muitos soteropolitanos; tecnologia é aliada
Ler Mais
https://www.correio24horas.com.br/noticia/nid/janelas-da-quarentena-do-dj-ao-saxofone-vizinhos-transformam-isolamento-em-uniao/
Baiano é outro nível... Nos últimos dias, movimento tomou conta de Salvador: tem até Carnaval dentro de casa; confira
Ler Mais