O Bahia do bem ampara seus ídolos

paulo leandro
11.08.2019, 05:00:00

O Bahia do bem ampara seus ídolos

Para que serve um clube de futebol? Qual sua finalidade ou o “telos”, como diria o grego das antigas, em busca de definir o que a coisa é? Ganhar títulos? Alegrar a torcida? Aumentar o patrimônio? Revelar jogadores? Representar seu Estado?

Pois o Bahia está nos mostrando que um clube de futebol pode ser muito mais que tudo isso junto. Uma agremiação esportiva tem o “telos” de educar a cidadania, transmitir valores, produzir ações positivas e fortalecer virtudes.

O projeto Dignidade aos Ídolos é uma ação cujos juízos são positivos, logo, seu valor é do bem, conforme entendi na boa aula de Ética. O Bahia de virtudes ampara aqueles que hoje, aposentados da bola, precisam de uma força.

Jogadores como o meia Helinho, tetracampeão de 1981 a 1984. Um dos heróis da Odisseia tricolor, quando Homero cantou em versos os 5x0 sobre o Santa Cruz que valeram a classificação para a Taça de Ouro em 1981. O Bahia precisava de 5 e fez 5.

“A gente combinou, eu, Osni, Robson, Leo, toda a rapaziada que íamos direto pra concentração depois de uma viagem a Campinas. E deu tudo certo. Outro jogo inesquecível foi a virada de 2x1 na decisão também em 1981, com o Vitória, em dois minutos a gente reverteu o placar no segundo tempo”.

Helinho sofre de diabetes, tem hipertensão e a bola não foi lá muito alegradora no assunto finanças. A aposentadoria não vem sendo fácil, apesar da felicidade do convívio com a família. O Bahia ajuda Helinho com um salário mínimo.

O coordenador Humberto Netto explicou que o projeto garante 0,31% do orçamento anual do clube para ex-ídolos. Uma ideia com este valor humanitário precisa ser copiada e ampliada por todos os grandes clubes do mundo.

Também ali no meio-campo, brilhou Alberto Leguelé, lançado por Jorge Vieira em 1972, contra o então campeão brasileiro, o Atlético de Minas. Saiu 0x0, ele ganhou a posição e do Bahia foi para a Seleção olímpica.

Leguelé reclama seu lugar entre os jogadores que fizeram parte do heptacampeonato, entre 1973 e 1979. Emprestado ao Flamengo em 1978, Leguelé, hoje com problemas nos joelhos, também tem apoio do clube.

“Eu estou junto com Sapatão, Baiaco, Douglas e Fito no hepta porque quando fui pro Flamengo já tinha jogado muitas partidas e, em 1977, estive machucado mas também atuei”.

Leguelé talvez seja o único octacampeão baiano da história porque, além de ter feito parte do plantel do hepta tricolor, quebrou o galho do Vitória, ao colaborar com o título de 1980, que interrompeu a série.

Também está na relação de ídolos da Previdência tricolor o lateral Maílson, que sofre de uma doença degenerativa, e recebe ajuda de três salários mínimos, recursos destinados para compra de medicamentos e pagamentos relacionados ao enfrentamento da doença.

E o ponta Jorge Campos, como poderia o Bahia abandonar aquele que viabilizou a compra do terreno e a construção do Fazendão, com a sua transferência ao Atlético Mineiro? Um atacante que formou no grande time de 1976, com Douglas, Beijoca e Jésum.

Naldinho, revelação da Catuense, também tem o amparo deste clube cujo coração bate em sintonia com a Bahia da Misericórdia, um dos traços mais firmes do nosso perfil identitário.

A relação dos convocados inclui o lateral Zanata, que sustenta a ele e uma filha pequena, mas não parou bem, como ocorria com frequência. O Bahia corrige, assim, seus próprios erros e mostra ao mundo que é mesmo o bom e do bem. 

Paulo Leandro é jornalista e professor Doutor em Cultura e Sociedade.


Relacionadas
Correio.play
https://www.correio24horas.com.br/noticia/nid/digital-influencer-usa-instagram-para-denunciar-namorado-por-agressoes/
https://www.correio24horas.com.br/noticia/nid/mesmo-com-prova-mantida-candidatos-temem-cancelamento-de-concurso-da-pm/
Professores propõem que os concurseiros não se deixem abater e continuem focados nas provas
Ler Mais
https://www.correio24horas.com.br/noticia/nid/poliana-ex-esposa-de-victor-chaves-vive-reclusa-apos-separacao/
https://www.correio24horas.com.br/noticia/nid/atores-da-televisa-morrem-ao-cair-de-ponte-durante-ensaio-para-serie/
Vítimas faziam parte de elenco da série ‘Sin Miedo a la Verdad’
Ler Mais
https://www.correio24horas.com.br/noticia/nid/blecaute-em-morro-de-sao-paulo-deixa-turista-sem-banho-e-gera-prejuizo-no-comercio/
Balneário ficou 20 horas sem luz; concessionária cita 'defeito em equipamento'
Ler Mais
https://www.correio24horas.com.br/noticia/nid/o-que-e-uma-feijoada-inorganica/
https://www.correio24horas.com.br/noticia/nid/martnalia-volta-ao-tca-com-show-em-homenagem-a-vinicius-de-moraes/
Apresentação que aconteceria na Concha nesta sexta (17) foi transferida para a Sala Principal
Ler Mais
https://www.correio24horas.com.br/noticia/nid/bastidores-confira-historias-curiosas-que-os-reporteres-viveram-na-cobertura-do-bonfim/