O que esperar do Vitória em 2020?

rafael santana
04.12.2019, 05:00:00

O que esperar do Vitória em 2020?


Em momentos como o que vivemos, o jornalismo sério ganha ainda mais relevância. Precisamos um do outro para atravessar essa tempestade. Se puder, apoie nosso trabalho e assine o Jornal Correio por apenas R$ 5,94/mês.


Um ano difícil. Essa é a resposta para o questionamento apresentado no título desta coluna. O Vitória continuará a enfrentar uma crise financeira na próxima temporada, prova disso é que o próprio presidente, Paulo Carneiro, afirmou, em entrevista ao site GloboEsporte.com, que a situação hoje é pior do que aquela que ele encontrou quando chegou ao clube, em abril. Um dos motivos para tal situação foi a antecipação de receitas, como duas cotas de televisão, para que o rubro-negro pudesse “sobreviver”, confessou o mandatário.

Mas, calma lá: dizer que a expectativa é de um ano difícil não significa profetizar o apocalipse, afirmar que o Vitória passará por todos os perrengues deste ano, com eliminações precoces nas competições do primeiro semestre e briga incessante contra o rebaixamento para a Série C, para só no fim respirar aliviado, quase a ponto de comemorar uma permanência na segundona. A única certeza que se pode ter é de que a diretoria rubro-negra terá muito trabalho para gerar receitas que equilibrem as finanças do clube.

A projeção de orçamento do Vitória para 2020, de acordo com Paulo Carneiro, é de R$ 35 milhões. Um valor muito baixo, porém realista. O presidente não inclui nessa conta as cifras que serão injetadas no clube em caso de negociações de jogadores, que são uma possibilidade bem concreta. Há atletas com valor de mercado retornando à Toca do Leão para a próxima temporada e que não estão nos planos do presidente, casos do meia Yago e do atacante Neilton, que têm salários incompatíveis com a realidade financeira do clube.

Esse é o desafio do Vitória para não passar o mesmo sufoco de 2019: fazer brotar novas receitas, que podem advir dessas negociações de atletas, de novos contratos de marketing ou mesmo de uma campanha de adesão em massa de sócios, mas, para isso, é preciso apostar em uma comunicação mais eficaz e melhorar o relacionamento com o torcedor. E, é claro, os resultados em campo são fundamentais para que isso aconteça.

Para esse trabalho, o do campo de jogo, o Vitória aposta na manutenção do técnico Geninho, talvez o principal responsável pela permanência do clube na Série B. Em um momento de forte pressão, ele assumiu a equipe, deu tranquilidade e serviu como uma espécie de ponte entre os atletas, que reclamavam salários atrasados, e a diretoria. Não se engane, torcedor: a importância do experiente treinador de 71 anos vai muito além do trabalho desenvolvido dentro de campo. A bagagem de tantos anos de profissão foi fundamental para acalmar os ânimos do elenco e manter o foco na luta contra o rebaixamento.

Ao aceitar o convite para comandar o barco rubro-negro na próxima temporada, Geninho ouviu do presidente Paulo Carneiro a promessa de dias melhores, da entrada de novas receitas com negociações de jogadores para reformular o elenco e brigar para voltar à elite do futebol brasileiro, algo que nunca esteve perto de acontecer ao longo de toda a Série B deste ano. Isso é, aliás, tudo o que o torcedor do Vitória espera que o futuro lhe traga. Dias melhores.

Rafael Santana é repórter do globoesporte.com. Escreve às quartas-feiras.

***

Em tempos de coronavírus e desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informação responsável e apurada pela nossa redação que escreve, edita e entrega notícias nas quais você pode confiar. Assim como o de tantos outros profissionais ligados a atividades essenciais, nosso trabalho tem sido maior do que nunca. Colabore para que nossa equipe de jornalistas seja mantida para entregar a você e todos os baianos conteúdo profissional. Assine o jornal.


Relacionadas
Correio.play
https://www.correio24horas.com.br/noticia/nid/moradores-da-lapinha-falam-ao-contrario-e-tem-um-dialeto-o-gualin/
Há meio século, falar ao contrário é considerado sinal de pertença para os moradores “raiz” do bairro da Lapinha
Ler Mais
https://www.correio24horas.com.br/noticia/nid/elza-soares-aos-90-e-cheia-de-projetos/
Cantora lança releitura de 'Juízo Final' e faz live neste sábado (4), com participação de Flávio Renegado
Ler Mais
https://www.correio24horas.com.br/noticia/nid/cheias-de-bossa-bebel-gilberto-lanca-parceria-com-martnalia/
Confira também o clipe Hipnose, de Larissa Luz, e a canção Caxixi, de Mariene de Castro
Ler Mais
https://www.correio24horas.com.br/noticia/nid/veja-o-video-filha-interrompe-entrevista-por-videochamada-e-vira-sensacao-nas-redes/
https://www.correio24horas.com.br/noticia/nid/bia-doria-e-val-marchiori-geram-revolta-ao-falar-de-sem-teto-gostam-de-ficar-na-rua/
Socialite e primeira-dama do estado de SP disseram que pessoas não vão para abrigos pois 'não querem responsabilidades'
Ler Mais
https://www.correio24horas.com.br/noticia/nid/leonardo-villar-protagonista-de-o-pagador-de-promessas-morre-aos-96-anos/
Ele eternizou o personagem Zé do Burro em filme premiado que se passa na Bahia
Ler Mais
https://www.correio24horas.com.br/noticia/nid/ciclone-bomba-onda-derruba-portao-e-invade-garagem-de-predio-em-sp-assista/
Ressaca atingiu praias na Baixada Santista e deixou rastro de destruição
Ler Mais
https://www.correio24horas.com.br/noticia/nid/mestre-lourimbau-e-localizado-e-esta-internado-em-hospital-no-pau-miudo/
Parentes e artistas fizeram campanha para encontrar berimbalista de 72 anos
Ler Mais