Obras de canalização de rios em Nova Constituinte estão 90% prontas

salvador
21.10.2020, 13:45:00
Atualizado: 21.10.2020, 13:51:25
(Fernando Vivas/GOVBA)

Obras de canalização de rios em Nova Constituinte estão 90% prontas

Rui Costa visitou local nesta manhã

Em momentos como o que vivemos, o jornalismo sério ganha ainda mais relevância. Precisamos um do outro para atravessar essa tempestade. Se puder, apoie nosso trabalho e assine o Jornal Correio por apenas R$ 5,94/mês.

O governador Rui Costa fez uma visita às obras de implantação de canais desde o Rio Paraguari até a Rua da Glória, e do Rio Congo até o Rio Paraguari, no bairro de Nova Constituinte, no Subúrbio Ferroviário, nesta quarta-feira (21). O gestor estadual aproveitou a visita para acompanhar também os trabalhos de complementação da requalificação urbana e infraestrutura na localidade de Barreiro, que já estão mais de 70% concluídos. Juntas, as duas obras ultrapassam um investimento de R$ 14 milhões. 

Rui comemorou o rumo das obras dos canais, que estão com 90% dos ajustes concluídos, e afirmou que a ação resolve um problema de urgência pela localização geográfica de Nova Constituinte. "Se você olhar para os lados, isso aqui é como se fosse uma grande bacia com Nova Constituinte como parte mais baixa. Característica que faz com que, em momentos chuvosos, aqui alague muito e os moradores enfrentem problemas. O canal vem pra evitar esses alagamentos e todas as consequências que eles trazem", diz.

Obra promete acabar com alagamentos em Nova Constituinte (Foto: Fernando Vivas/GOVBA)

O diretor de urbanismo e habitação da Companhia de Desenvolvimento Urbano do Estado da Bahia (Conder), Maurício Matias, falou mais detalhadamente sobre as mudanças feitas com a obra e comentou as intervenções feitas na região. "O primeiro canal, que comença no Glória e vai até o Paraguari, tem 550 metros, e o segundo, que é desde o Congo até o Paraguari, possui mais 430 metros de extensão. Além dos canais, temos outras obras na região, onde um centro comunitário foi entregue em julho. Ao todo, são mais de R$ 40 milhões em investimentos nessa região da Nova Constituinte. ", explicou.

Questão de saúde e urbanização
A reestruturação do local também é uma ação que visa a melhoria da saúde dos moradores. Segundo Rui, o fim dos alagamentos traz melhorias sanitárias para quem mora na região. "Além dos problemas de perda de patrimônio, esses alagamentos trazem uma série de doenças. Então, não é só uma obra de infraestrutura, mas também uma ação que cuida da saúde das pessoas. O resultado final disso é o cidadão ter um local mais salubre e saudável para habitar", afirmou.

Rui acredita que intervenções vão resultar em um ambiente mais salubre para habitação (Foto: Fernando Viva/GOVBA)

As mudanças, que são coordenadas pela Conder, companhia vinculada à Secretaria de Desenvolvimento Urbano do Estado (Sedur), também melhoram as condições estruturais do local. Junto com as obras dos canais, o governo pretende fazer outras intervenções como a construção de cinco praças e ciclovias que acompanha o fluxo do canal.

*Com orientação da chefe de reportagem Perla RIbeiro

***

Em tempos de coronavírus e desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informação responsável e apurada pela nossa redação que escreve, edita e entrega notícias nas quais você pode confiar. Assim como o de tantos outros profissionais ligados a atividades essenciais, nosso trabalho tem sido maior do que nunca. Colabore para que nossa equipe de jornalistas seja mantida para entregar a você e todos os baianos conteúdo profissional. Assine o jornal.


Relacionadas