Paixão de Cristo: Espetáculo apresenta os atos de um Salvador

salvador
13.04.2019, 21:15:52
Gratuitas e abertas ao público, as apresentações artísticas são organizadas pela Comunidade Católica Shalom (Arisson Marinho)

Paixão de Cristo: Espetáculo apresenta os atos de um Salvador

Nova encenação acontece neste domingo (14) e é aberto ao público

A linguagem teatral como ferramenta de sensibilização para experimentar a paz e o amor. Essa foi a proposta do espetáculo A Paixão de Salvador, que conta a história da vida, morte e ressureição de Jesus Cristo e será encenada até hoje, a partir das 18h, na Praça Municipal. 

Na primeira noite de apresentação, a peça contou com um público aproximado de mil pessoas e a presença do arcebispo primaz do Brasil, dom Murilo Krieger.  “O teatro tem a habilidade de fazer com que a plateia veja, vibre, chore, ria e vivencie numa perspectiva de entretenimento, então, estimulamos a fé por meio dessa linguagem tão cativante”, afirmou  o arcebispo. 

Para ele, mais que um evento para marcar as comemorações da Semana Santa, a encenação da Paixão de Cristo deveria integrar o calendário permanente da cidade, sobretudo porque ela leva o nome do Salvador. “Essa história não interessa apenas aos católicos ou aos cristãos, mas às pessoas que entendem como reviver essa grande história de amor pela humanidade nos aproxima e nos regenera para o amor ao próximo”, disse o religioso.

Vidrada em cada passagem da história que, dessa vez,  não seguiu  a narrativa cronológica e usou a linguagem dos musicais, a professora aposentada Lívia Souza, de 68 anos, aproveitou a oportunidade para um programa diferente com a neta Elisa, 10. “A passagem de Jesus defendendo a prostituta do julgamento e do apedrejamento é extremamente comovente e importante para mostrar que não devemos julgar ninguém e que rótulos não refletem a essência”, pontuou a senhora, comovida. Para ela, a ilustração reforça o princípio cristão do amor e da tolerância. “Num cenário atual, onde todos estão tão agressivos e intolerantes, essa passagem tem muito a ensinar”, avaliou.

Pertencendo a uma família católica, o estudante Ícaro Gonçalves, 17, fez questão de destacar que o espetáculo é atemporal e  traz em sua narrativa uma série de questões inspiradoras que são capazes de ajudar a conviver com os desafios da vida. 

A Paixão de Salvador tem acesso aberto e gratuito e foi organizado pela Comunidade Católica Shalom. O espetáculo reuniu 170 profissionais, entre atores, produtores e apoio técnico. “Trabalhamos com jovens e a proposta se expressa nessa leitura própria da vida de Cristo que, não necessariamente, segue uma ordem cronológica, mas traz essa mensagem de fé e renovação”, esclareceu a representante da Comunidade Shalom, Ângela Silva. 

O espetáculo conta, ainda, com a participação de uma das novas vozes entre os músicos católicos, o catarinense Diego Fernandes, que se apresenta numa passagem da encenação. 

Um público variado foi até a Praça Municipal assistir o espetáculo que contou com a participação do cantor Diego Fernandes, uma das vozes mais reconhecidas na música católica(Foto: Arrisson Marinho)


***

Em tempos de desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informações nas quais você pode confiar. E para isso precisamos de uma equipe de colaboradores e jornalistas apurando os fatos e se dedicando a entregar conteúdo de qualidade e feito na Bahia. Já pensou que você além de se manter informado com conteúdo confiável, ainda pode apoiar o que é produzido pelo jornalismo profissional baiano? E melhor, custa muito pouco. Assine o jornal.


Relacionadas