Passageiros de van são feitos reféns por homens armados com facas na Av. Suburbana

salvador
06.05.2022, 19:02:00
(Reprodução/Redes Sociais)

Passageiros de van são feitos reféns por homens armados com facas na Av. Suburbana

Pastor foi uma das primeiras pessoas a iniciar a negociação com os suspeitos

Três homens armados com facas fizeram ao menos cinco passageiros reféns em uma van na Avenida Afrânio Peixoto, também conhecida como Av. Suburbana, em Salvador, durante um assalto nesta sexta-feira (6). A Polícia Militar esteve no local para negociar a rendição dos suspeitos.

Os criminosos entraram no veículo no bairro do Comércio. A van, que originalmente iria para São Caetano, mudou a rota sob ordem dos assaltantes, o que acabou alertando um fiscal que acompanhava o veículo por meio de um rastreador. Segundo a TV Bahia, o fiscal seguiu a van e a interceptou na Av. Suburbana, entrando na frente com uma caminhonete.

Durante a parada, alguns passageiros conseguiram sair do carro e um dos criminosos fugiu. Os dois restantes mantiveram cinco passageiros reféns no local.

Foto: Reprodução/Redes Sociais

De acordo com informações da 14ª Companhia Independente da Polícia Militar (CIPM), por volta das 14h20, policiais militares da unidade que realizavam patrulhamento na  Avenida Afrânio Peixoto foram acionados por populares para intervir em um roubo em andamento na região. De imediato, as patrulhas policiais realizaram um cerco ao veículo.

A equipe policial acionou o protocolo institucional realizando o isolamento e a contenção do local. Foi estabelecido um perímetro de segurança e acionados os serviços do Samu, Transalvador, e a estrutura especial de negociação e gerenciamento de crises do Batalhão de Operações Policiais Especiais (Bope).

Uma das primeiras pessoas a iniciar as tratativas para a liberação dos reféns foi um pastor que estava no local. Ele transmitiu cenas do ocorrido no Instagram. Nas imagens é possível ver dois homens apontado facas para alguns passageiros. "Nós só vamos sair com a imprensa", dizem. A dupla chegou a afirmar que não mataria ninguém e que eles é que estavam com medo de serem mortos quando saíssem da van.

Populares no entorno ainda tentaram acalmar os suspeitos dizendo que ninguém iria matá-los e que eles poderiam se entregar sem medo. Ainda alegaram que a imprensa estava à caminho. Após horas, os homens aceitaram a rendição.

"Muita tensão hoje, aqui em Salvador. Passei mais de uma hora negociando e tudo deu certo. Obrigado, Jesus", escreveu o pastor em publicação nas redes sociais.

Com o cerco policial e a negociação com os suspeitos, as vítimas foram liberadas e os pertences recuperados.

Com os suspeitos foram encontradas três facas do tipo peixeira, sete celulares, oito relógios, um carregador de celular, quatro desodorantes, dois cremes hidrantes, 12 cartões de créditos, um óculos de sol, um perfume, três anéis dourados, duas alianças de ouro, uma mochila e R$ 410, 00 reais.

Quando foi liberada, uma das vítimas chegou a desmaiar na rua. Não há informações sobre feridos.

Os acusados foram apresentados na Central de Flagrantes.

***

Em tempos de desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informações nas quais você pode confiar. E para isso precisamos de uma equipe de colaboradores e jornalistas apurando os fatos e se dedicando a entregar conteúdo de qualidade e feito na Bahia. Já pensou que você além de se manter informado com conteúdo confiável, ainda pode apoiar o que é produzido pelo jornalismo profissional baiano? E melhor, custa muito pouco. Assine o jornal.


Relacionadas