Paulo Gustavo: novo boletim médico fala em quadro irreversível

em alta
04.05.2021, 19:55:57
Atualizado: 04.05.2021, 20:34:02
(Foto: Reprodução)

Paulo Gustavo: novo boletim médico fala em quadro irreversível

'Estado de saúde vem deteriorando de forma importante', dizem médicos. Família pede orações

Em momentos como o que vivemos, o jornalismo sério ganha ainda mais relevância. Precisamos um do outro para atravessar essa tempestade. Se puder, apoie nosso trabalho e assine o Jornal Correio por apenas R$ 5,94/mês.

A assessoria do ator Paulo Gustavo divulgou, na noite desta terça-feira (4), um novo comunicado sobre o estado de saúde do humorista, junto com o boletim que destaca a gravidade de sua situação, considerada "irreversível" pelos médicos.

O comunicado destaca que o artista, internado desde 13 de março, no Rio de Janeiro, com quadro de covid-19, permanece em uma Unidade de Terapia Intensiva (UTI) e que a família segue agradecendo o carinho e pedindo orações.

“Após a constatação da embolia gasosa disseminada ocorrida no último domingo, em decorrência de fístula brônquio-venosa, o estado de saúde do paciente vem deteriorando de forma importante. Apesar da irreversibilidade do quadro, o paciente ainda se encontra com sinais vitais presentes”, destaca a equipe médica."

A família do ator continua agradecendo todo o carinho e pedindo orações dirigidas ao Paulo Gustavo, assim como às demais pessoas acometidas por essa doença terrível", conclui o comunicado. 

Piora súbita
Ainda em tratamento usando ECMO, espécie de pulmão artificial, Paulo Gustavo apresentou uma melhora na tarde de domingo e, após diminuição dos sedativos, chegou a interagir com a equipe médica e com o seu marido, o também médico Thales Bretas.

Nessa segunda, a equipe médica explicou o ocorrido, e relatou uma piora súbida, na noite de domingo, resultado de uma embolia.

“Ontem [domingo] à tarde, após redução dos sedativos e do bloqueador neuromuscular, o paciente acordou e interagiu bem com a equipe profissional e com o seu marido. À noite, subitamente, houve piora acentuada do nível de consciência e dos sinais vitais, quando novos exames demonstraram ter havido embolia gasosa disseminada, incluindo o sistema nervoso central, em decorrência de uma fístula bronquíolo-venosa”, explicavam os médicos.

***

Em tempos de coronavírus e desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informação responsável e apurada pela nossa redação que escreve, edita e entrega notícias nas quais você pode confiar. Assim como o de tantos outros profissionais ligados a atividades essenciais, nosso trabalho tem sido maior do que nunca. Colabore para que nossa equipe de jornalistas seja mantida para entregar a você e todos os baianos conteúdo profissional. Assine o jornal.


Relacionadas