Pensilvânia certifica resultados eleitorais com vitória de Biden

mundo
24.11.2020, 14:30:42
(Arquivo AFP)

Pensilvânia certifica resultados eleitorais com vitória de Biden

Ontem, Donald Trump autorizou equipe a começar a preparar transição

Em momentos como o que vivemos, o jornalismo sério ganha ainda mais relevância. Precisamos um do outro para atravessar essa tempestade. Se puder, apoie nosso trabalho e assine o Jornal Correio por apenas R$ 5,94/mês.

O governador da Pensilvânia, Tom Wolf, anunciou nesta terça-feira, 24, que o Estado certificou o resultado das eleições presidenciais de 3 de novembro em favor do democrata Joe Biden, que levará os 20 delegados do colégio eleitoral.

"De acordo com o que é exigido por lei, assinei a certificação para a nomeação dos eleitores (delegados do Colégio Eleitoral) para Joe Biden e Kamala Harris", escreveu o governador no Twitter.

A notícia encerra várias semanas de alegações infundadas de fraude pelo presidente Donald Trump no Estado e também várias tentativas malsucedidas na Justiça para tentar impedir a certificação do resultado.

Na segunda, o conselho eleitoral estadual de Michigan certificou o resultado final da eleição presidencial dando a vitória oficial a Biden, que deve ficar com os 16 votos do Estado no colégio eleitoral. Conselheiros do Estado foram pressionados pelo presidente Trump a atrasar a certificação. Sem provas, o republicano alegou fraude na votação.

Transição
A equipe do presidente eleito começou a interagir com os colegas do governo atual para iniciar o processo de transição, depois que o governo Trump abriu formalmente o caminho na segunda-feira para uma transferência ordenada de poder. A confirmação ocorreu depois de um atraso de mais de duas semanas após a vitória de Biden na eleição, faltando apenas 57 dias para sua posse.

Biden disse que o atraso na transição ameaçou a segurança nacional ao privar sua equipe de instruções críticas e alertou que a distribuição de vacinas para combater o coronavírus estaria em risco se seus conselheiros não pudessem trabalhar lado a lado com as autoridades de saúde atuais. (Com agências internacionais)

***

Em tempos de coronavírus e desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informação responsável e apurada pela nossa redação que escreve, edita e entrega notícias nas quais você pode confiar. Assim como o de tantos outros profissionais ligados a atividades essenciais, nosso trabalho tem sido maior do que nunca. Colabore para que nossa equipe de jornalistas seja mantida para entregar a você e todos os baianos conteúdo profissional. Assine o jornal.


Relacionadas