Personal ganha R$ 30 mil com reality fitness em redes sociais

coronavírus
06.03.2021, 16:00:00
Atualizado: 06.03.2021, 16:26:31
Abboud quadruplicou o seu faturamento na pandemia (Foto: Marina Silva/ CORREIO)

Personal ganha R$ 30 mil com reality fitness em redes sociais

Marlon Abbud tem mais de 6 mil clientes na fila de espera em sua plataforma de treinos na internet

Em momentos como o que vivemos, o jornalismo sério ganha ainda mais relevância. Precisamos um do outro para atravessar essa tempestade. Se puder, apoie nosso trabalho e assine o Jornal Correio por apenas R$ 5,94/mês.

Treino pago só completando a série do dia? O personal trainer Marlon Abboud (@marlon.abboud) precisou de mais do que uma sequência de exercícios para transformar os R$ 7 mil que tirava  no studio que mantinha em Belo Horizonte, em um faturamento quatro vezes maior, chegando a ganhar R$ 30 mil por mês. “Há um ano, ainda sem saber o que seria de fato a pandemia, vendi o studio que tinha. Com todo mundo isolado nas suas casas, vi, então, a oportunidade de me dedicar exclusivamente aos treinos online. Nunca imaginei que daria tão certo”.

Isso mesmo. Ser fitness agora é ser online. Abboud se mudou para Salvador, em plena pandemia, onde produz o conteúdo para a plataforma online que criou e ainda mantém um reality fitness nas redes sociais, que reúne  mais de 100 mil seguidores.

“Por ser uma cidade de praia, em que o culto ao corpo é bem diferente das tradicionais cidades mineiras, acreditei que me traria mais visibilidade e facilidade para a criação e divulgação dos meus conteúdos”, conta ele.

E tudo mudou: “Eu estava trabalhando em casa, com vista para o mar, sem ter que me descolocar, nem correr risco. Se não tivesse feito algo diferente, certamente, hoje eu estaria endividado devido ao alto custo para manter um studio físico”, completa.

Se no studio Abboud tinha 90 alunos matriculados, atualmente, ele tem 1.413 alunos ativos na plataforma e mais de 6 mil clientes na fila de espera. Há planos a partir de R$ 69,90 ao mês, que dão direito aos treinos, vídeos e consultorias  com o personal. “O público é muito variado. Tenho alunos em todos os estados do país. Além disso, nos EUA, Alemanha, Nova Zelândia, Itália, Argentina e até no Japão, em sua maioria, brasileiros que foram morar fora”.

Para o negócio chegar nesse estágio, o personal trainer se preocupou bastante com o conteúdo. Por mês, são gravados mais de 100 vídeos, além das transmissões ao vivo. “Eu sempre acreditei na qualidade dos conteúdos. A linguagem simples e direta, consegue entrar na vida das pessoas e fazer a diferença. Minha maior preocupação está em motivar, incentivar e fazer com que os meus seguidores se sintam inspirados”, pontua.

Essa é parte mais delicada, como complementa Abboud. “Criar um conteúdo que desperte o interesse dos seguidores é, de fato, muito difícil. Às vezes eu acerto, outras, eu erro. O fato é que passo meses pensando, criando e trocando informações com amigos de outras áreas para formatar as aulas e conseguir esse engajamento”.

Até mesmo a avaliação para a montagem do treino acontece de maneira online pela plataforma. “Fazemos uma análise completa para que eu possa prescrever o treino de acordo com as  particularidades biológicas e necessidades individuais. Como profissional, eu acredito que essa é a única forma dos meus alunos terem resultados de verdade”, acrescenta. 
 
Reality show
Durante a pandemia, Abboud criou também um reality show nas redes sociais, apresentando casos de clientes que se transformaram nesse período com a prática de exercícios. “As redes sociais são peças fundamentais para a divulgação do meu trabalho. Foi dessa forma que consegui construir e consolidá-lo. O reality foi uma ideia bastante despretensiosa, mas que tinha como principal objetivo mostrar que as pessoas são capazes de conquistar o corpo que elas desejam com disciplina e força de vontade”.

O projeto cresceu e conta com três patrocinadores. A expectativa é torná-lo itinerante, percorrendo algumas cidades do Brasil no pós-pandemia.

“O principal critério para a escolha é saber se ele está realmente disposto a enfrentar este desafio. Escolho alunos inscritos na consultoria e eles passam por uma avaliação. Estou torcendo para que essa expansão no reality saia do papel”, afirma. 

Os investimentos estão voltados para o aprimoramento e desenvolvimento da própria plataforma. Abbud passou ainda a prestar consultorias a outros instrutores que querem começar as suas consultorias online e não sabem como. “Com o aumento das consultorias, também, consegui realizar meu sonho e comprei o meu primeiro apartamento. Hoje ofereço a eles a utilização da minha tecnologia e da minha plataforma por um valor muito menor do que o que investi no início. Sei que outros colegas de profissão passaram e ainda passam dificuldades por conta da pandemia”.

É preciso engajar, pensar estratégias e buscar conhecimento sobre o marketing digital. “Esses desafios são o combustível para você manter o seu negócio e criar forças nas nossas maiores fraquezas. Claro que o dinheiro é importante, mas quando percebo que o meu trabalho entra na vida das pessoas para mudar o estilo de vida e promover a saúde, esse é o meu maior ganho”, completa Abboud. 


OS CONSELHOS DE ABBOUD

Acredite no seu próprio negócio

Faça diferente do que a maioria faz

Entenda que as consultorias online não são mais uma tendência e, sim, uma realidade

Perceba que o profissional que não trabalhar com consultorias online, em muito pouco tempo, estará fora do mercado de trabalho

Tenha Coragem para mudar e persistência


QUEM É

Marlon Abboud   é educador físico e personal trainer,  graduado em Educação Física e pós-graduado em Treinamento Esportivo e Administração e Marketing Desportivo

***

Em tempos de coronavírus e desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informação responsável e apurada pela nossa redação que escreve, edita e entrega notícias nas quais você pode confiar. Assim como o de tantos outros profissionais ligados a atividades essenciais, nosso trabalho tem sido maior do que nunca. Colabore para que nossa equipe de jornalistas seja mantida para entregar a você e todos os baianos conteúdo profissional. Assine o jornal.


Relacionadas