Personal trainer que espancou sem-teto diz que está preocupado com saúde da esposa; vídeo

em alta
17.03.2022, 14:06:00
(Reprodução)

Personal trainer que espancou sem-teto diz que está preocupado com saúde da esposa; vídeo

"Ela está internada", explicou

O personal trainer Eduardo Alves, mais conhecido por ter sido filmado agredindo um homem em situação de rua após flagrá-lo tendo relações sexuais com a esposa dele, se manifestou através de um vídeo nas redes sociais sobre o caso. O vídeo começou a circular na internet na quarta-feira (16).

Nele, Eduardo diz que está preocupado com a saúde da mulher, que está internada em um hospital, reforça que o caso foi de estupro, e pede para que as pessoas parem de compartilhar "conteúdo ofensivo contra a honra da esposa".

"Vejo que os fatos têm sido transmitidos de maneira errônea, sendo que, no momento, a preocupação deveria ser a saúde dela, até porque a mesma encontra-se internada", reforça o personal trainer.

Esposa diz que enxergou Deus

Em áudios obtidos pela TV Globo, a esposa disse que viu as “imagens do marido e de Deus” no rosto do homem e por isso fez sexo.

"Eu não conseguia nem falar e nem abrir meus olhos. Meu coração estava acelerado, mas eu não conseguia sentir ódio do homem que fez isso comigo porque eu só enxergava Deus nele. Eu só enxergava Deus. Não sei explicar", diz a mulher em uma mensagem de áudio.

Leia mais: Veja o que se sabe sobre o caso do personal que espancou sem-teto no DF

A mulher ainda contou que, quando encontrou o sem-teto em frente a um quiosque, na Rodoviária de Planaltina, ele fumava um cigarro.

"Tirei o cigarro da mão dele e falei: você não vai fumar mais [...] porque você já está curado. E aí eu já enxergava ele como o Eduardo [marido], sabe? Já não estava enxergando ele como Deus. Aí eu tirei o cigarro da mão dele e joguei no lixo. Ele falou: vamos conversar? E eu disse: vamos", diz a mulher, em áudio.

Ao Portal G1, a mulher falou que foi abordada pelo sem-teto, que pedia dinheiro. Como ela não tinha, ele pediu para ver a bíblia que a moça havia ganhado do marido.

Logo depois, o 'mendigo' pediu um abraço e os dois entraram no carro e trocaram caricias. Após isso, os dois se encontraram em um local combinado e tiveram práticas sexuais.

***

Em tempos de desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informações nas quais você pode confiar. E para isso precisamos de uma equipe de colaboradores e jornalistas apurando os fatos e se dedicando a entregar conteúdo de qualidade e feito na Bahia. Já pensou que você além de se manter informado com conteúdo confiável, ainda pode apoiar o que é produzido pelo jornalismo profissional baiano? E melhor, custa muito pouco. Assine o jornal.


Relacionadas