Pesquisa mostra que 68% das pessoas aprovam ações de rigor contra a covid-19

satélite
23.02.2021, 06:50:00

Pesquisa mostra que 68% das pessoas aprovam ações de rigor contra a covid-19


Em momentos como o que vivemos, o jornalismo sério ganha ainda mais relevância. Precisamos um do outro para atravessar essa tempestade. Se puder, apoie nosso trabalho e assine o Jornal Correio por apenas R$ 5,94/mês.

Uma ampla pesquisa feita para medir a aceitação dos moradores de Salvador ao retorno de medidas duras de isolamento, realizada nos últimos dia 17 e 18, eliminou o temor de autoridades e políticos sobre eventuais desgastes gerados por novas restrições adotadas para frear o avanço da covid. Encomendada pelo prefeito Bruno Reis (DEM) para consumo interno, a sondagem, à qual a Satélite teve acesso, mostra que 68% dos entrevistados consideram “acertadas e equilibradas” as ações de maior rigor impostas pela prefeitura para controlar a pandemia, apenas um ponto percentual a menos do índice registrado em outubro por levantamento semelhante. O percentual de quem acha as regras exageradas e responsáveis por causarem prejuízos além do necessário recuou de 18% para 12%.

Dureza avalizada
No mesmo compasso, a pesquisa apontou que 78% dos 1.277 entrevistados concordam com o toque de recolher decretado pelo governador Rui Costa (PT). Outros 18% discordam e 4% não souberam ou não responderam.

Mudança de rota
A nova sondagem detectou ainda uma guinada substancial na percepção dos soteropolitanos sobre a atual intensidade da doença. Em outubro, apenas 10% classificaram o quadro como “muito grave e sem controle”. Agora, são 45%.  O percentual dos que acreditavam que a crise sanitária estava “mais amena porque o pior já passou” caiu de 32% para 10%.

Inversão de papéis
Na pesquisa anterior, 58% se diziam “muito preocupados” com a possibilidade de que um familiar contraísse coronavírus. Esse índice pulou para 71%. Cresceu também de 58% para 68% a fatia que tem hoje maior preocupação com a própria saúde e a da família do que com a situação financeira, enquanto a parcela que pensa o inverso caiu de 35% para 26%.

Fiel da balança
O panorama apresentado pelo levantamento, garantiram integrantes do primeiro escalão do Palácio Thomé de Souza, foi fundamental para a determinação do prefeito de restabelecer restrições de alto rigor, como interditar as praias.

Volta à pista
O ex-prefeito ACM Neto decidiu retomar a agenda de viagens a cidades baianas comandadas pelo DEM, como parte da estratégia para ampliar a visibilidade no interior. Ainda nesta semana, Neto deve ir a Campo Formoso e Senhor do Bonfim, onde apresentará o modelo de gestão que o colocou na lista dos prefeitos mais bem avaliados do Brasil e mecanismos adotados por ele para controlar gastos, reduzir dívidas e direcionar recursos a projetos essenciais.

Tava escrito!
Após anteciparem à coluna o impacto negativo que os últimos atos e declarações do presidente teriam sobre o mercado, conforme noticiado ontem, aliados de Jair Bolsonaro na Bahia preveem novas turbulências no horizonte. Dessa vez,  pela provável troca na cúpula do Banco do Brasil.

Não posso admitir que a política desça ao nível da barbárie, e é isso que está no vídeo  que o deputado postou. Senti vergonha alheia com os xingamentos,  a intolerância  e o ódio” - Arthur Maia, deputado federal pelo DEM da Bahia, ao explicar o voto a favor da prisão de Daniel Silveira (PSL-RJ), mesmo considerando a ação do Supremo Tribunal Federal arbitrária e contrária à Constituição

***

Em tempos de coronavírus e desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informação responsável e apurada pela nossa redação que escreve, edita e entrega notícias nas quais você pode confiar. Assim como o de tantos outros profissionais ligados a atividades essenciais, nosso trabalho tem sido maior do que nunca. Colabore para que nossa equipe de jornalistas seja mantida para entregar a você e todos os baianos conteúdo profissional. Assine o jornal.


Relacionadas