Plano de melhorias para portos de Salvador e Aratu é aprovado pelo governo federal

farol econômico
20.08.2018, 05:00:00

Plano de melhorias para portos de Salvador e Aratu é aprovado pelo governo federal

Na última semana, a Codeba, responsável pela administração dos portos públicos baianos, recebeu a autorização do governo federal para implantar o Plano de Desenvolvimento e Zoneamento (PDZ) para os portos de Salvador e Aratu-Candeias. A portaria assinada pelo ministro dos Transportes, Portos e Aviação Civil, Valter Casimiro Silveira, na última quinta-feira (dia 16), vai permitir uma série de melhorias nos dois mais importantes portos da Bahia, que juntos já movimentaram este ano mais de 6 milhões de toneladas de cargas. Em Aratu, o PDZ aprovado prevê a construção de dois berços no Terminal de Granéis Líquido, com profundidade variando de 13 a 15 metros, ampliação das áreas de tancagem e de armazenamentos de cargas. Além disso, o plano é implantar um pátio de triagem, um polo industrial e um terceiro berço no Terminal de Granéis Sólidos, para movimentação de minério de ferro e alguns arrendamentos. No Porto de Salvador, está prevista a expansão do terminal de contêineres, com um novo berço de 423 metros de comprimento e 18 metros de largura, além de uma área para carga geral e novos arrendamentos.

O que é o PDZ
O diretor-presidente da Codeba, Rondon Brandão do Vale, explica que o PDZ é um instrumento de planejamento operacional da administração portuária, que compatibiliza às políticas de desenvolvimento urbano municipais, estaduais e regionais. O objetivo é estabelecer ações e metas para expansão racional e a otimização do uso de áreas e instalações dos portos. O resultado esperado é a tão esperada modernização dos portos públicos do estado. 

Gurilândia em crescimento
O mercado educacional está movimentado em Salvador. O Grupo Gurilândia, instituição de ensino bilíngue infantil e Fundamental I com mais de 50 anos de tradição na Bahia, acaba de expandir a sua atuação e apresenta a Land School, que irá atender o Fundamental II e o Ensino Médio. A previsão de inauguração é para fevereiro do próximo ano, como resultado de um investimento de R$ 20 milhões na construção do prédio, na rua José Wilson de Vasconcelos, na Federação. Em um terreno de 4 mil metros quadrados, escolhido em função da preocupação primordial com a mobilidade urbana, a sede oferece estacionamento com 45 vagas paradas e 8 vagas de embarque e desembarque. O projeto teve o estudo da empresa TTC- Soluções em Mobilidade, e foi aprovado pela SEDUR (Secretaria Municipal de Desenvolvimento Urbano) e pela Transalvador (Superintendência de Trânsito de Salvador).

Aproximação
A Odebrecht tem investido na aproximação das entidades representativas do setor produtivo, em seu processo de reestrutução empresarial. Nos últimos 30 dias, executivos da empresa realizaram interações na Fecomércio-BA, ACB, Crea-BA, ABI, IBDEE e Conselho de Sustentabilidade da FIEB. Mais de 300 empresários e formadores de opinião conheceram de perto a evolução empresarial em curso na multinacional baiana. A capacitação obrigatória dos seus integrantes também vem sendo uma marca importante na jornada da integridade vivida pela empresa. Atualmente, a empresa encerra uma ampla capacitação em “Conflito de Interesses” com 100% dos seus funcionários. “É nosso compromisso, na prática, com a ética”, diz o gerente de Comunicação da Odebrecht S.A. para o Nordeste e diretor da Aberje na Bahia, Marcelo Gentil.

Claro e TIM
A Claro e a TIM fecharam uma parceria para compartilhamento de infraestrutura em forma de roaming, que garantirá a conectividade aos seus usuários em mais de 700 novos municípios brasileiros, onde, anteriormente, havia apenas uma das operadoras. Com o acordo, as operadoras expandem o acesso à rede de telefonia móvel para os seus mais de 116 milhões de usuários do país e otimizando o uso da infraestrutura. Na Bahia, o acordo alcança cidades como Acajutiba, Andaral, Guaratinga, Ibucuí, Ibirapitanga, Itapebi, Irará, Itatim, Serra Preta, São Gabriel, Presidente Tancredo Neves, Manoel Vitorino, Itatim e Potiraguá, entre outras. 

Casa de chá
Idealizada pela empresária Cássia Lima, a casa de chá Leonila abre as portas no bairro da Graça, no dia 31 de agosto. Com investimento de 400 mil reais, a unidade vai gerar 12 empregos diretos e 20 indiretos, com expectativa de retorno em 30 meses. A empresária tem planos de expansão de negócio através de micro-unidades em shoppings center locais e, a longo prazo, com abertura de lojas pelo país. 

'Uber' das cegonhas
A startup EVO! Cegonheiro está lançando um aplicativo para conectar cegonheiros e clientes. O aplicativo viabiliza a negociação de fretes de forma direta. Lançada este ano, a plataforma já possui uma rede formada por mais de 500 cegonheiros.

***

Em tempos de desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informações nas quais você pode confiar. E para isso precisamos de uma equipe de colaboradores e jornalistas apurando os fatos e se dedicando a entregar conteúdo de qualidade e feito na Bahia. Já pensou que você além de se manter informado com conteúdo confiável, ainda pode apoiar o que é produzido pelo jornalismo profissional baiano? E melhor, custa muito pouco. Assine o jornal.


Relacionadas