PM prende cinco pessoas e apreende 18 armas em operação no oeste baiano

bahia
12.11.2021, 13:04:00
(Divulgação)

PM prende cinco pessoas e apreende 18 armas em operação no oeste baiano

Ideia é coibir roubos a maquinários e outros itens de cultivo

A Polícia Militar da Bahia prendeu cinco pessoas e apreendeu 18 armas de fogo durante o primeiro mês da Operação Safra, que busca diminuir os roubos de maquinários e insumos nas fazendas e rodovias da região do oeste baiano. É a oitava vez que a operação acontece.

Foram abordadas 2.005 pessoas, 734 veículos e vistoriadas 1.559 fazendas e outras pequenas propriedades rurais, além de  497 estabelecimentos comerciais. As cinco pessoas presas foram levadas para delegacias da região.

As ações acontecem em 24 municípios que têm como destaque cultivo de soja, algodão, milho e café no estado. Quatro das pessoas presas estavam com nove armas na cidade de Jaborandi. Com o grupo, os PMs apreenderam três revólveres, uma pistola, três rifles, uma cartucheira, uma espingarda, 81 munições de diversos calibres e dois celulares.

“O balanço deste primeiro mês foi bastante positivo devido à nossa produtividade e apreensões, com expectativa de obtermos ainda melhores resultados. Com a Operação Safra, intensificamos o policiamento na zona rural e estamos mais próximos para assistir não só o agronegócio como também à população residente em povoados e pequenos municípios”, destaca o coronel Osival Moreira, comandante do Policiamento Regional Oeste (CPRO).

Aplicativo
Como resultado de uma parceria da Polícia Militar da Bahia com a Associação de Agricultores e Irrigantes da Bahia (Aiba), nessa semana foi iniciado um teste piloto para o lançamento de um aplicativo que irá ajudar na diminuição do tempo resposta da PM no atendimento das ocorrências.

A ferramenta vai permitir acionar a viatura mais próxima a uma ocorrência, emitindo o roteiro mais curto e a estimativa do tempo de deslocamento. “A nossa expectativa é incrementar a produtividade, através de GPS, a fiscalização, monitoramento e o tempo de resposta da Polícia Militar na região Oeste”, diz o comandante do CPRO. 

***

Em tempos de desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informações nas quais você pode confiar. E para isso precisamos de uma equipe de colaboradores e jornalistas apurando os fatos e se dedicando a entregar conteúdo de qualidade e feito na Bahia. Já pensou que você além de se manter informado com conteúdo confiável, ainda pode apoiar o que é produzido pelo jornalismo profissional baiano? E melhor, custa muito pouco. Assine o jornal.


Relacionadas