Polícia encontra 39 corpos dentro de caminhão em Londres

mundo
23.10.2019, 07:10:23
Atualizado: 23.10.2019, 10:35:19

Polícia encontra 39 corpos dentro de caminhão em Londres

Vítimas ainda estão sendo identificadas pela polícia

Em momentos como o que vivemos, o jornalismo sério ganha ainda mais relevância. Precisamos um do outro para atravessar essa tempestade. Se puder, apoie nosso trabalho e assine o Jornal Correio por apenas R$ 5,94/mês.

Trinta e nove corpos foram encontrados no contêiner de um caminhão em Londres, nesta quarta-feira (23). Um homem de 25 anos, da Irlanda do Norte, foi preso por suspeita de assassinatos.

Segundo informações da polícia local, ainda não se sabe as circunstâncias das mortes. Os corpos são de 38 adultos e um adolescente. Os corpos ainda estão sendo identificados.

"Este é um incidente trágico no qual um grande número de pessoas perdeu a vida. Nossas investigações vão determinar o que aconteceu", explicou o superintendente da Polícia, Andrew Mariner. "Estamos no processo de identificação das vítimas e já adianto que este pode ser um longo processo."

As autoridades estabeleceram um perímetro de segurança no local e fecharam os acessos à zona industrial de Waterglade. "Estamos trabalhando com a prefeitura de Thurrock para evitar qualquer impacto local que o nosso cenário de investigação possa ter", ressaltou Mariner.

Reações
O primeiro-ministro britânico, Boris Johnson, disse que ficou "horrorizado" com o caso. "Meus pensamentos estão com aqueles que perderam suas vidas e em seus entes queridos", escreveu ele no Twitter. "O Ministério do Interior trabalhará em estreita colaboração com a polícia de Essex para estabelecermos exatamente o que aconteceu."

A secretária de Interior, Priti Patel, afirmou na mesma rede social: "comovida e triste com este trágico incidente em Grays. A polícia de Essex prendeu um indivíduo e devemos dar espaço para que ela conduza as investigações."

Rota migratória
Nos últimos anos, muitos imigrantes tentaram entrar no Reino Unido escondidos em caminhões ou em embarcações que atravessam o Canal da Mancha. Diante do reforço das operações de controle da polícia na costa do estreito que separa o Reino Unido do continente europeu, a Irlanda se tornou o país de trânsito nas rotas dos traficantes de pessoas por sua fronteira aberta com o país.

Áustria
Em agosto de 2015, a polícia da Áustria encontrou 71 corpos em um caminhão frigorífico abandonado no acostamento de uma rodovia As vítimas eram refugiados oriundos da Hungria. A principal suspeita era de que traficantes estivessem tentando transportar os estrangeiros para dentro da União Europeia, mas abandonaram o veículo nas proximidades de Viena. (Com agências internacionais)

***

Em tempos de coronavírus e desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informação responsável e apurada pela nossa redação que escreve, edita e entrega notícias nas quais você pode confiar. Assim como o de tantos outros profissionais ligados a atividades essenciais, nosso trabalho tem sido maior do que nunca. Colabore para que nossa equipe de jornalistas seja mantida para entregar a você e todos os baianos conteúdo profissional. Assine o jornal.


Relacionadas