Posto de saúde é inaugurado no Pau Miúdo com capacidade para 460 atendimentos

salvador
25.06.2020, 11:46:00
Atualizado: 25.06.2020, 13:03:18
(Gil Santos/CORREIO)

Posto de saúde é inaugurado no Pau Miúdo com capacidade para 460 atendimentos

Governo do estado construiu e prefeitura vai administrar

Em momentos como o que vivemos, o jornalismo sério ganha ainda mais relevância. Precisamos um do outro para atravessar essa tempestade. Se puder, apoie nosso trabalho e assine o Jornal Correio por apenas R$ 5,94/mês.

Os moradores do Jardim Eldorado, em Pau Miúdo, receberam uma nova Unidade Básica de Saúde (UBS), nesta quinta-feira (25). O posto tem capacidade para atender cerca de 460 pessoas por dia, com três equipes de saúde da família e outras três de saúde bucal. O equipamento foi uma parceria entre a prefeitura de Salvador e o governo do Estado, e fica na Rua Delmiro São Pedro, na comunidade do Brongo do IAPI. 

A instalação foi construída pelo governo do Estado e será administrada pela Secretaria Municipal de Saúde (SMS). Durante a inauguração do espaço, pela manhã, o prefeito destacou que foram 10 unidades de saúde entregues em 100 dias em Salvador, três delas em parceria com o governo.

"Essa unidade se junta a toda nossa rede de trabalho nesse período da pandemia. Até o fim de julho, todas as unidades vão fazer o acompanhamento através de telemedicina, o rastreamento. E é claro, isso tudo vai ajudar a gente reduzir a velocidade de crescimento do coronavírus", afirmou.

Em 2012, Salvador era a pior capital do Brasil em termos de cobertura da atenção básica de saúde, segundo Neto. "Hoje somos a capital que mais avança. Tínhamos 104 equipes de saúde da família, com essa unidade vamos chegar a 342 equipes de saúde da família, é um salto extraordinário. São conquistas que vão mudar definitivamente o sistema de saúde da nossa capital", acredita.

As equipes do posto vão oferecer atendimento para questões como pré-natal, hipertensão, diabetes, controle da tuberculose, hanseníase e doença falciforme. A unidade prestará serviços e atendimento nas áreas de Saúde da Criança; Saúde do Adolescente; Saúde da Mulher; Saúde do Homem; Saúde do Adulto; Saúde do Idoso; e Saúde Bucal. O governador Rui Costa disse que a atenção básica de saúde é uma das prioridades de sua gestão.

"Nós temos um planejamento que é reforçar a atenção básica em todo estado, especialmente na Região Metropolitana de Salvador. Essa é a quinta unidade que nós entregamos conjuntamente, a sexta será a de Pirajá, que já está em fase de conclusão", afirmou Rui.

O governador falou da importância dos postos de saúde. "Nós consideramos, temos convicção, de que quando na saúde você faz prevenção, evita que pessoas tenham complicações mais sérias e precisem parar numa emergência de hospital", disse, ressaltando que um sistema forte na base alivia os espaços de alta complexidade de saúde. "Estamos investindo na saúde básica e entregando aos municípios para fazer a gestão".

Além disso, a UBS contará com serviços complementares como sala de curativo; coleta de material para exames laboratoriais; vacinação; realização de visita domiciliar; marcação de consulta para outras especialidades e outros exames ofertados no município; dispensação de medicamentos básicos; confecção do Cartão SUS (2ª via); acompanhamento do programa Bolsa Família; e acolhimento com classificação de risco.

Cenário
O secretário municipal de Saúde, Léo Prates, atualizou os números sobre a covid-19. O gestor contou que a taxa de ocupação dos leitos de Unidade de Terapia Intensiva (UTI) está em 80%, os clínicos em 75%, e as acomodações da rede privada também em 75%. Ele reclamou da taxa de letalidade na capital, pediu a colaboração da população e comemorou outros indicadores. 

"Nós temos alguns dados a comemorar, primeiro a queda na taxa de crescimento de contaminação na cidade que está girando entorno de 2%, menor índice registrado em Salvador. Outra redução foi a taxa de Fator R, que é quanto uma pessoa está transmitindo para outra. Ela está abaixo de 1%, o que significa que algumas pessoas não estão nem transmitindo a doença. Esses são dois indicadores extremamente positivos para a cidade", disse.

Mas a atenção ainda precisa ser redobrada. Léo Prates disse que existem outros dois pontos que estão sendo monitorados pelo Municpipio. "Agora, nós temos também indicadores preocupantes, como a taxa de ocupação dos leitos de UTI e, por isso, a gente pede a colaboração das pessoas para conseguir baixar para 70% ou menos, e a taxa de letalidade que ainda está alta, algo entorno de 4,4%. São dois indicadores que ainda precisamos baixar", afirmou.

Já o secretário estadual da Saúde, Fábio Vilas Boas, afirmou que o Extremo Sul do estado é a região mais preocupante no momento. 

“Estamos mantendo o mesmo ritimo intenso de trabalho. Abrindo mais leitos de UTI, e a demanda continua crescente, ainda não atingimos uma estabilização. Estamos conseguindo atender a demanda de pacientes, mas a medida que a gente vai em uma região do estado outra região começa a apresentar elevação no número de casos de forma que o trabalho é constante e a luta está muito grande”, contou.

O secretário acredita que algumas cidades pequenas vão apresentar elevação no número de casos nos próximos dias por conta das viagens para o interior do estado durante o São João. A taxa de aceleração da contaminação está diminuindo na Bahia, mas ainda não há perspectiva de quando a curva vai começar a baixar.

“Nossas preocupações continuam no Extremo Sul que tem taxas de transmissão elevadas, mas surgiram também cidades como Santo Antônio de Jesus, e na região do Baixo Sul, Gandu e Valença, com taxas superiores a média do estado”, afirmou Villas-Boas.

Com a implantação da nova unidade, aproximadamente 12 mil pessoas que residem em 24 localidades do Distrito Sanitário da Liberdade serão beneficiadas. A unidade prestará assistência a moradores que residem nas localidades da Baixa de Quintas, Bairro Guarani, Baixa dos Frades, IAPI, Barros Reis, Caixa D’Água, Cidade Nova, Curuzú, Estrada da Rainha, Freitas Henrique, Japão, Jardim Eldorado, Jardim Joana D’Arc, Jardim Vera Cruz, Lapinha, Liberdade, Nova Divinéia, Pau Miúdo, Pero Vaz, Queimadinho, Rocinha do IAPI, Santa Mônica, Sertanejo e Sieiro.

***

Em tempos de coronavírus e desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informação responsável e apurada pela nossa redação que escreve, edita e entrega notícias nas quais você pode confiar. Assim como o de tantos outros profissionais ligados a atividades essenciais, nosso trabalho tem sido maior do que nunca. Colabore para que nossa equipe de jornalistas seja mantida para entregar a você e todos os baianos conteúdo profissional. Assine o jornal.


Relacionadas