Pousadas em Campos do Jordão registram aumento de público no Inverno 2017

turismo
04.09.2017, 06:00:00
Atualizado: 14.09.2018, 15:13:22
Campos do Jordão (Shutterstock)
Estúdio Correio -

Pousadas em Campos do Jordão registram aumento de público no Inverno 2017

Chegada antecipada do frio e baixas temperaturas provocam o aquecimento do turismo na cidade do interior paulista

Em momentos como o que vivemos, o jornalismo sério ganha ainda mais relevância. Precisamos um do outro para atravessar essa tempestade. Se puder, apoie nosso trabalho e assine o Jornal Correio por apenas R$ 5,94/mês.

A chegada antecipada do frio e as baixas temperaturas provocaram o aquecimento do turismo em Campos do Jordão nesse inverno. De acordo com a Secretaria de Turismo, mais de 850 mil pessoas passaram pela cidade no mês de julho, o que representou 25% de aumento em relação ao mesmo período do ano passado.

Os hotéis e pousadas também comemoraram a temporada de inverno. A entidade Convention Bureau percebeu que os hotéis contabilizaram uma taxa percentual de ocupação semelhante ao ano passado. Porém houve aumento na oferta de leitos de hospedagem e um aumento na procura por opção com pouso e permanência de helicóptero.

De acordo com a Associação de Pousadas, o movimento nas pousadas em Campos do Jordão registrou um aumento de 30% superior a 2017, com queda nos preços das hospedagens feitas durante a semana.

Com um inverno mais longo, pois o movimento começou no mês de maio e se prolongou até julho, o movimento nos restaurantes também aumentou. Estima-se um crescimento de 15% em relação ao ano passado.

***

Em tempos de coronavírus e desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informação responsável e apurada pela nossa redação que escreve, edita e entrega notícias nas quais você pode confiar. Assim como o de tantos outros profissionais ligados a atividades essenciais, nosso trabalho tem sido maior do que nunca. Colabore para que nossa equipe de jornalistas seja mantida para entregar a você e todos os baianos conteúdo profissional. Assine o jornal.


Relacionadas