Prefeitura de Barra do Rocha decreta toque de recolher na cidade

coronavírus
22.01.2022, 13:25:00

Prefeitura de Barra do Rocha decreta toque de recolher na cidade

Medida foi adotada devido ao aumento de casos de covid-19

A prefeitura de Barra do Rocha, no Sul da Bahia, determinou toque de recolher até o dia 31 deste mês, em função do aumento dos casos de covid no município. Em apenas 24 horas, até a última sexta-feira (21), foram contabilizados 58 casos da doença na cidade. 

O prefeito José Luiz (PDT) publicou o decreto no Diário Oficial listando restrições de locomoção noturna e horários de funcionamento dos estabelecimentos. Até o dia 31, estão vedados a permanência e o trânsito em vias públicas, equipamentos e praças no período das 22h às 5h da manhã. 

Por isso, estabelecimentos comerciais e de serviços devem encerrar atividades até 30 minutos antes das 22h, garantindo o deslocamento de funcionários e colaboradores até suas casas. Restaurantes e bares e congêneres foram proibidos de funcionar aos finais de semana. No período diurno, vendedores ambulantes estão autorizados a circular para vender produtos e mercadorias.

Também foram suspensos eventos e atividades com a presença de público maior do que 50 pessoas, ainda que estivessem previamente autorizados, incluindo cerimônias de casamento, eventos urbanos e rurais em logradouros públicos ou privados, circos, parques de exposições, solenidades de formatura, passeatas e afins. Evento esportivos, independentemente do número de participantes, também estão proibidos e espaços culturais não devem funcionar neste período. 

Já os atos religiosos litúrgicos podem ser realizados, desde que tenham público à prática de atividades físicas podem funcionar, desde que também tenham ocupação máxima de 50% da capacidade do local, observados os protocolos sanitários estabelecidos.
 

***

Em tempos de coronavírus e desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informação responsável e apurada pela nossa redação que escreve, edita e entrega notícias nas quais você pode confiar. Assim como o de tantos outros profissionais ligados a atividades essenciais, nosso trabalho tem sido maior do que nunca. Colabore para que nossa equipe de jornalistas seja mantida para entregar a você e todos os baianos conteúdo profissional. Assine o jornal.


Relacionadas