Prefeitura investe em requalificação da infraestrutura do Samu Salvador 

salvador
21.06.2021, 18:17:08
Atualizado: 21.06.2021, 18:45:43
(Divulgação/Secom)

Prefeitura investe em requalificação da infraestrutura do Samu Salvador 

Secretária Municipal de Saúde realiza investimento de meio milhão de reais no serviço

A Prefeitura de Salvador, através da Secretaria Municipal da Saúde, investiu, neste ano, R$ 500 mil na requalificação da infraestrutura do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) Salvador. De acordo com a SMS, o investimento tem como foco obter ainda mais resolutividade nos atendimentos de rotina e de pacientes suspeitos de covid-19. A gestão considera as requalificações como um incentivo aos trabalhadores da linha de frente de combate ao vírus.
 
A verba foi aplicada na pintura geral, revisão da instalação elétrica e de ar, bem como requalificação do telhado no complexo central do Samu localizado no bairro do Pau Miúdo, além de melhorias das bases descentralizadas do serviço. O aporte financeiro também garantiu que a estrutura para lavagem das ambulâncias, reforçando o critério sanitário de medidas contra contaminação de pacientes e trabalhadores. 
 
“Mesmo diante de uma situação de tanta complexidade, continuamos encarando essa pandemia com muita seriedade e compromisso. Essa é mais uma ação que adotamos em prol da população e dos profissionais que têm se dedicado ao enfrentamento, dessa que com certeza é a maior crise de saúde pública vivida nos últimos 100 anos. Sabemos da importância de que as viaturas estejam em boas condições e funcionando a todo vapor, porque é o momento em que as pessoas estão mais precisando dessa locomoção para serem socorridas”, destaca Ivan Paiva, coordenador do Samu Salvador.
 
Para tornar a rotina dos profissionais mais fácil, a gestão implantou neste ano um novo sistema para otimizar os mais de 10 mil atendimentos mensais que necessitam de regulação e comunicação com as ambulâncias. “Essa ação se soma ao empenho de entregar espaços com tecnologia de ponta, com a contratação também de pessoas para operar o quadro e engajar mais esforços para a fluidez no trabalho”, diz Paiva. 
 
Em fase final, a ampliação do Centro de Material e Esterilização (CME) será entregue no próximo mês com equipamentos modernizados para assegurar a limpeza adequada dos objetos utilizados no socorro às vítimas. Em uma rede social, o secretário municipal de Saúde, Leo Prates postou imagens da visita que fez à sede do Samu Salvador no começo do mês, quando foram autorizados os serviços, e destacou que fará uma nova visita para observar as melhorias realizadas. 

 

***

Em tempos de coronavírus e desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informação responsável e apurada pela nossa redação que escreve, edita e entrega notícias nas quais você pode confiar. Assim como o de tantos outros profissionais ligados a atividades essenciais, nosso trabalho tem sido maior do que nunca. Colabore para que nossa equipe de jornalistas seja mantida para entregar a você e todos os baianos conteúdo profissional. Assine o jornal.


Relacionadas