Prefeitura lança Verão de Salvador em São Paulo com mais de 60 festas

salvador
18.11.2016, 07:12:00

Prefeitura lança Verão de Salvador em São Paulo com mais de 60 festas

Três áreas da cidade serão priorizadas para o aquecimento desse período: orla da Barra, o Rio Vermelho e o Centro Histórico

Quando o Verão chegar, a agenda cultural e festiva de Salvador  já vai ter 60 eventos previstos, antes mesmo do Carnaval. Entre eles, as sincréticas lavagens e festas de largo, passando pelo já consagrado Réveillon de cinco dias, no Comércio, além dos ensaios das atrações que fazem a alegria dos foliões daqui e de outros cantos do Brasil e do mundo.

Foi esse calendário oficial de eventos que a prefeitura de Salvador lançou na tarde de ontem, em São Paulo, como parte da campanha “Salvador, Capital Oficial do Verão”. Com a programação, a cidade pretende atrair 2,1 milhões de turistas no período, o que deve significar um crescimento de 15% do fluxo do ano passado. Segundo o prefeito ACM Neto, a oportunidade para que esses números se tornem reais está no crescimento do turismo interno provocado pela oscilação no preço do dólar.

Centro Histórico é uma das áreas da cidade serão priorizadas para o aquecimento desse período
(Foto: Marina Silva/CORREIO)

Festas
Com a alta estação prolongada por causa da data do Carnaval (23 a 28 de fevereiro de 2017), a prefeitura pretende incrementar as atrações que antecedem a festa. “Teremos um dezembro, janeiro e fevereiro mais movimentado da história de Salvador”, garantiu Neto.

Segundo o prefeito, três áreas da cidade serão priorizadas para o aquecimento desse período: a orla da Barra, a região boêmia do Rio Vermelho e o Centro Histórico. Há previsão, inclusive, de colocação de palcos nessas áreas no período da alta estação. “Carnaval continua sendo o grande carro-chefe do nosso calendário de eventos, mas Salvador no período do Verão é muito mais que Carnaval”, afirmou Neto para uma plateia de jornalistas, operadores de turismo, o trade turístico nacional, empresários do ramo de entretenimento, artistas e patrocinadores.

O prefeito justificou que o lançamento em São Paulo teve como objetivo dar maior “força econômica” ao calendário de eventos e comunicá-lo para todo o país. O foco maior foi na festa da virada, vendida por ACM Neto como o maior Réveillon musical do Brasil. “Já temos mais de 70% (de leitos) vendidos para o Réveillon. Não tenho dúvidas de que podemos chegar o mais próximo de 100%”.

Artistas também participaram do lançamento e reforçaram o convite da cidade. “Salvador não se explica, se sente. A gente esquenta mesmo nesta época e queremos trazer isso para São Paulo e já vai criando a atmosfera da coisa”, filosofou o cantor Saulo. “O Carnaval de Salvador já é uma celebração, uma festa muito importante e me sinto muito feliz em fazer parte dela”, acrescentou Daniela Mercury.

Ano-novo
Para o secretário municipal do Turismo, Érico Mendonça, o Ano-Novo se tornou um frutífero mercado do turismo em Salvador. “A transformação do Réveillon e ampliação da festa em cinco dias fortaleceu muito o setor turístico”, citou.

Mas a festa também é pensada para os de casa, como lembra o  presidente da Empresa Salvador Turismo (Saltur), Isaac Edington. “Queremos que o turista chegue não só para passar a noite do Réveillon, mas que fique a semana inteira e ao mesmo tempo, retardar a saída do soteropolitano de Salvador”.

A festa também ganha novidades, como por exemplo o voto popular, que irá decidir a atração da virada para 2017. Além disso, no início de dezembro, o público também poderá escolher entre dez bandas do cenário independente local para ser a primeira atração na Praça Cairu, no primeiro dia de festa - 28 de dezembro.

Mais novidades
O prefeito também aproveitou para anunciar que o tema do próximo Carnaval será “Cidade da Música”, em homenagem ao título que a cidade recebeu da Unesco. Neto disse ainda que a folia tem se tornado mais democrática com o acréscimo de atrações sem corda e mais diversa, com movimentos como o Furdunço. 

Durante o evento, aconteceu também o lançamento do “Xêro – Sinta Salvador”, uma essência que pretende criar a identidade olfativa da cidade. A fragrância será espalhada por hotéis, aeroportos, aviões, eventos e espaços públicos.

Também foi anunciado um evento chamado Festeja Verão, com diversas atrações, previsto para  21 de janeiro, em local ainda a ser divulgado.

***

Em tempos de coronavírus e desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informação responsável e apurada pela nossa redação que escreve, edita e entrega notícias nas quais você pode confiar. Assim como o de tantos outros profissionais ligados a atividades essenciais, nosso trabalho tem sido maior do que nunca. Colabore para que nossa equipe de jornalistas seja mantida para entregar a você e todos os baianos conteúdo profissional. Assine o jornal.


Relacionadas