Presidentes de partidos destacam força da coligação com ACM Neto

bahia
05.08.2022, 13:30:00

Presidentes de partidos destacam força da coligação com ACM Neto

A coligação tem 13 partidos

Presidentes dos partidos que fazem parte da coligação de ACM Neto (União Brasil) para o governo da Bahia destacaram a liderança do ex-prefeito de Salvador e a força do grupo. A convenção que oficializou o nome de Neto como candidato a governador aconteceu na manhã desta sexta-feira (5). 

A coligação tem 13 partidos. Além do União Brasil, fazem parte do grupo PP, Republicanos, PSDB, PDT, PSC, Solidariedade, Cidadania, Podemos, PRTB, PTB, DC e PMN.

"Agora sim, oficialmente a partir do dia 16, com campanha na rua, conversando com as pessoas, dialogando, levando a nossa mensagem, construindo uma bela campanha, sem nos preocupar em ofender, em atacar a ninguém, mas principalmente levar as nossas propostas, as nossas soluções para os graves problemas que a Bahia infelizmente enfrenta. Para, se Deus quiser, a partir de 2 de outubro, essa proposta sair vitoriosa das urnas e a partir de janeiro a Bahia passe a viver um novo momento e seja transformada da mesma forma que a nossa capital, a nossa querida Salvador, foi pela administração de ACM Neto", disse o deputado federal Paulo Azi, presidente do União Brasil na Bahia.

Presidente do PP baiano, o vice-governador João Leão destacou que a chapa é jovem e experiente, contando ainda com Cacá Leão (PP) como candidato ao Senado. “Estamos unidos pelo progresso da Bahia e este é o objetivo da aliança do União Brasil com os Progressistas da Bahia. ACM Neto e Cacá Leão representam a força da juventude, da modernidade, com experiência comprovada e, principalmente, representam a vontade do povo por mudança. Eu estarei na Câmara dos Deputados e Cacá no Senado, juntamente com nossas bancadas, para ajudar Neto a conduzir o estado aos melhores índices de desenvolvimento socioeconômico da história da Bahia”, disse Leão, que vai concorrer a deputado federal.

Já o deputado Félix Mendonça Jr, presidente do PDT baiano, disse que a Bahia precisa passar por mudanças, para sair da "zona de rebaixamento" nas mais diversas áreas, como educação, segurança e saúde. "O PDT acredita que ACM Neto pode liderar esse processo de transformação do nosso estado", apontou o deputado Felix Mendonça Jr, presidente do PDT no estado", avalia.

Presidente do Republicanos na Bahia, o deputado Márcio Marinho disse que quer ajudar Neto no projeto de "fazer o povo da Bahia voltar a sorrir". Marinho foi o responsável por indicar a candidata a vice-governadora Ana Coelho, que é do seu partido. 

Adolfo Viana, presidente do PSDB baiano, afirmou que é "o time está completo". "O PSDB da Bahia marcha unido para a eleição do nosso futuro governador ACM Neto", afirma.

Já o presidente estadual do Solidariedade, Luciano Araújo, lembrou a antiga parceria com Neto e o prefeito de Salvador, Bruno Reis, nas últimas eleições. "Somos parceiros de primeira hora. E não não seria na hora que ACM Neto, que representa a verdadeira mudança que a Bahia, precisa que ficaríamos de fora. Como presidente do Solidariedade e um dos fundadores a nível nacional, tenho a honra e a satisfação dessa união, que representa a verdadeira mudança que a Bahia precisa e tanto quer", disse.

***

Em tempos de desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informações nas quais você pode confiar. E para isso precisamos de uma equipe de colaboradores e jornalistas apurando os fatos e se dedicando a entregar conteúdo de qualidade e feito na Bahia. Já pensou que você além de se manter informado com conteúdo confiável, ainda pode apoiar o que é produzido pelo jornalismo profissional baiano? E melhor, custa muito pouco. Assine o jornal.


Relacionadas