Primeiro final de semana com toque de recolher tem 55 detidos na Bahia

coronavírus
22.02.2021, 11:43:00
Atualizado: 22.02.2021, 11:47:33
(Alberto Maraux/SSP)

Primeiro final de semana com toque de recolher tem 55 detidos na Bahia

Entre casos, estava motorista que levava 'paredão de som' alcoolizado e sem CNH

Em momentos como o que vivemos, o jornalismo sério ganha ainda mais relevância. Precisamos um do outro para atravessar essa tempestade. Se puder, apoie nosso trabalho e assine o Jornal Correio por apenas R$ 5,94/mês.

O primeiro final de semana com toque de recolher na Bahia teve 55 pessoas detidas, segundo balanço do governo. Entre 22h de domingo (21) e 5h desta segunda-feira (22), 20 pessoas foram flagradas desrespeitando o decreto estadual. Nos dias anteriores, as polícias Militar e Civil conduziram e autuaram, respectivamente, 35 infratores.

Nas últimas horas, foram registradas quatro ocorrências em Salvador e mais quatro em outras cidades da Região Metropolitana de Salvador (RMS). Entre os casos está o de um homem em Itinga, Lauro de Freitas, que foi detido alcoolizado e sem carteira de habilitação com um paredão de som no carro. 

Outros 12 flagrantes aconteceçaram nas cidades de Ibirapitanga, Alagoinhas, Vitória da Conquista e Aracatu.

Os 55 detidos responderão aos artigos 132 (expor a vida ou a saúde de outrem em perigo), 268 (infringir determinação do poder público, destinada a impedir introdução ou propagação de doença contagiosa) e 330 (desobedecer a ordem legal de funcionário público).

O toque de recolher no final de semana começou às 22h, mas a partir de hoje será a partir das 20h, por determinação do governador Rui Costa. 

"Infelizmente, alcançamos a marca de 80% de ocupação dos leitos de UTI na #Bahia e a consequência será a ampliação do horário do toque de recolher. A partir desta segunda, dia 22, a restrição será das 20h às 5h. A região Oeste será a única exceção na atualização do decreto", escreveu Rui. Com isso, regiões de Irecê e Jacobina, que estavam excluídas no decreto anterior, também entram no toque de recolher.

***

Em tempos de coronavírus e desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informação responsável e apurada pela nossa redação que escreve, edita e entrega notícias nas quais você pode confiar. Assim como o de tantos outros profissionais ligados a atividades essenciais, nosso trabalho tem sido maior do que nunca. Colabore para que nossa equipe de jornalistas seja mantida para entregar a você e todos os baianos conteúdo profissional. Assine o jornal.


Relacionadas