Promovido ao time principal do Vitória, Negueba revela ansiedade para retorno

e.c. vitória
01.06.2020, 05:00:00
(Letícia Martins/ EC Vitória)

Promovido ao time principal do Vitória, Negueba revela ansiedade para retorno

Atacante espera conquistar a confiança do técnico Geninho

Em momentos como o que vivemos, o jornalismo sério ganha ainda mais relevância. Precisamos um do outro para atravessar essa tempestade. Se puder, apoie nosso trabalho e assine o Jornal Correio por apenas R$ 5,94/mês.


Negueba está com os ânimos renovados. O atacante do Vitória passou mais de um mês sob os cuidados da avó no distrito de Mangabeira, localizado a 32 km de Ceará-Mirim, no Rio Grande do Norte. Foi para o colo de dona Severina, 84 anos, que o jogador correu quando as atividades da Toca do Leão foram suspensas em 17 de março para evitar o contágio do novo coronavírus. 

“Foi ótimo. É sempre bom estar ao lado da família, das pessoas que você ama de verdade. Minha vó é tudo pra mim, foi quem me criou e é maravilhosa. Faz minhas vontades e eu faço as dela”, conta o atleta de 20 anos.

Na terra natal, Negueba comeu muita galinha caipira e driblou a ansiedade de voltar a jogar futebol. “Vai ser uma felicidade enorme voltar ao gramados. Vai ser como se fosse a primeira vez”, vibra o atacante, que foi promovido ao elenco principal no final de abril. No começo da temporada, ele integrava o time de aspirantes, desfeito em meados de março em consequência da pandemia. Com as atividades suspensas e os campeonatos paralisados, a diretoria encerrou o projeto para reduzir custos. 

Conquistar Geninho é a missão de Negueba quando os treinos presenciais forem reiniciados na Toca do Leão. A diretoria do Vitória aguarda liberação das autoridades governamentais. Por enquanto, os jogadores seguem em suas casas e as atividades físicas e táticas estão sendo realizadas através de plataformas digitais. De volta a Salvador desde o começo de maio, o atacante se vira como pode para manter a forma no apartamento onde mora, em Alphaville.

Contratado em setembro do ano passado após se destacar na Série C do Campeonato Brasileiro pelo Globo-RN, clube que o revelou, Negueba assinou vínculo de cinco anos com o Leão. No entanto, pouco tempo depois de chegar à Toca sofreu uma lesão no ligamento colateral medial do joelho durante um treinamento. 

“Nunca tinha me machucado e a primeira vez foi logo no Vitória. Time grande, de tradição. Me abalou um bocado”, admite. “Me atrapalhou, porque vinha num ritmo bom de jogos. Essa lesão atrapalhou todo o ritmo, o foco. A cabeça gira em mil pensamentos. Fiquei pra baixo. Passou um filme de que tudo que eu tinha conquistado seria em vão”, conta o atacante de 20 anos.

Em busca do gol
A estreia com a camisa do Vitória aconteceu em 18 de outubro, quando ele entrou durante a derrota por 1x0 para o Londrina, no Barradão, pela 30ª rodada da Série B do Brasileiro. Depois, só voltou a campo este ano, já integrado ao elenco de aspirantes. O atacante foi relacionado para as sete partidas do Campeonato Baiano, permaneceu no banco em três jogos, entrou no decorrer de outros três e foi titular na última rodada antes da paralisação do estadual. 

“Eu tenho muita paciência. Sou um cara que, se estou no banco, minha mente é trabalhar mais forte ainda. Respeitei bastante o companheiro que estava no meu lugar, cada coisa no seu tempo”, afirma o jogador, que ainda não balançou a rede com a camisa vermelha e preta.

Para Negueba, paciência é palavra de ordem na carreira. Apesar de ainda não ter conseguido se firmar no Vitória, ele tem convicção que isso acontecerá em breve, quando a pandemia passar. “No Globo-RN, eu sempre vinha no banco. Aí em 2019 surgiu a oportunidade, fui destaque e mostrei minha capacidade. Estou muito feliz por ter a oportunidade de voltar ao elenco principal. Isso mostra que o meu trabalho está sendo visto. Em breve poderei mostrar o fruto do meu trabalho e espero fazer história com a camisa do Vitória”, projeta.

***

Em tempos de coronavírus e desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informação responsável e apurada pela nossa redação que escreve, edita e entrega notícias nas quais você pode confiar. Assim como o de tantos outros profissionais ligados a atividades essenciais, nosso trabalho tem sido maior do que nunca. Colabore para que nossa equipe de jornalistas seja mantida para entregar a você e todos os baianos conteúdo profissional. Assine o jornal.


Relacionadas
Correio.play
https://www.correio24horas.com.br/noticia/nid/historia-e-solidariedade-marcam-a-primeira-live-do-bloco-ile-aiye/
https://www.correio24horas.com.br/noticia/nid/moda-comunica-mais-que-tendencias/
Representatividade  é o tema desse editorial fotografado e protagonizado por jovens negros
Ler Mais
https://www.correio24horas.com.br/noticia/nid/e-sofrencia-musicas-de-arrocha-foram-as-mais-ouvidas-pelos-baianos-na-quarentena/
https://www.correio24horas.com.br/noticia/nid/bisneta-de-mae-senhora-inspira-baiana-azul-de-amaralina-conheca-cida-de-nana/
Bel Borba a contratou como modelo para monumento às baianas sem saber de ascendência, que inclui Mestre Didi e uma das fundadoras da 1ª casa de candomblé
Ler Mais
https://www.correio24horas.com.br/noticia/nid/devo-ou-nao-devo-usar-mascara-na-atividade-fisica-eis-a-polemica-precos-chegam-a-r-120/
Tire suas dúvidas e confira 10 máscaras esportivas disponíveis no mercado
Ler Mais
https://www.correio24horas.com.br/noticia/nid/bau-do-marrom-o-dia-que-daniela-mercury-superou-britney-spears-em-portugal/
Durante a apresentação de Daniela Mercury no Rock in Rio Lisboa em 2004 falei até na TV portuguesa sobre Daniela
Ler Mais
https://www.correio24horas.com.br/noticia/nid/em-quarentena-anitta-lanca-clipe-para-tocame-com-gui-araujo-assista/
Vídeo traz fãs dançando em casa; é a primeira vez que funkeira contracena com namorado
Ler Mais
https://www.correio24horas.com.br/noticia/nid/secretario-do-ministerio-da-saude-destrata-garcom-em-transmissao-ao-vivo-sai-dai/
Élcio Franco falava em medidas de segurança para reabertura da economia quando se incomodou com presença de servidor
Ler Mais