Quais os desafios do Bahia na reta final do Brasileirão?

podcast
26.11.2021, 13:55:00
Atualizado: 02.12.2021, 14:54:30

Quais os desafios do Bahia na reta final do Brasileirão?

Este episódio analisa a queda de rendimento do tricolor após reação animadora com o técnico Guto Ferreira

Depois de uma reação animadora sob o comando do técnico Guto Ferreira, o Bahia caiu de produção e vive situação delicada no Brasileirão. Com 37 pontos, o tricolor amarga a zona de rebaixamento, em 17º lugar, e nesta sexta-feira (26) enfrenta um adversário direto na luta contra a degola. Às 19h, o Esquadrão recebe o Grêmio, na Fonte Nova. A equipe gaúcha está na cola da baiana, na 18ª colocação, com um ponto a menos. 

O que está acontecendo com o Bahia? Por que o time caiu de rendimento? Será que o tricolor terá força suficiente para escapar do rebaixamento? Quais são os principais desafios na reta final da Série A? Essas e outras perguntas serão respondidas neste episódio, que tem a participação dos jornalistas Ulisses Gama e Pedro Thomé.

Você pode ouvir no player abaixo ou fazer o download:

Também é possível escolher o seu aplicativo favorito para ouvir o nosso podcast:

Para ouvir no Deezer, clique aqui.
Para ouvir no Spotify, clique aqui.
Para ouvir no Apple Podcasts, clique aqui.
Para ouvir no Google Podcasts, clique aqui. 

QUE PODCAST É ESSE? Bate-Pronto é uma produção semanal do CORREIO. Nele, trazemos sempre programas temáticos para debater algum conteúdo esportivo que tenha relação com a Bahia.

MAS O QUE É PODCAST? É um programa de áudio igualzinho a um de rádio, mas que você pode ouvir quando, onde e como quiser - pulando, pausando ou adiantando os trechos, se preferir. Basta ter um aplicativo de músicas (como Spotify), um aplicativo para podcasts (do Google ou da Apple) ou simplesmente dar o play na janela acima.

***

Em tempos de coronavírus e desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informação responsável e apurada pela nossa redação que escreve, edita e entrega notícias nas quais você pode confiar. Assim como o de tantos outros profissionais ligados a atividades essenciais, nosso trabalho tem sido maior do que nunca. Colabore para que nossa equipe de jornalistas seja mantida para entregar a você e todos os baianos conteúdo profissional. Assine o jornal.


Relacionadas