Quatro jogadores brigarão pela lateral direita do Vitória

e.c. vitória
09.06.2020, 05:00:00
Jonathan Bocão, Léo, Van e Wellisson disputarão vaga na lateral direita (Letícia Martins/ EC Vitória)

Quatro jogadores brigarão pela lateral direita do Vitória

Posição foi uma das mais instáveis do time no primeiro trimestre desta temporada

Em momentos como o que vivemos, o jornalismo sério ganha ainda mais relevância. Precisamos um do outro para atravessar essa tempestade. Se puder, apoie nosso trabalho e assine o Jornal Correio por apenas R$ 5,94/mês.

Quando os campeonatos forem retomados no futebol brasileiro, o técnico Geninho terá o dobro de opções para a lateral direita do Vitória. Antes da pandemia de coronavírus ser decretada, o comandante rubro-negro tinha dois jogadores para a posição, Van e Jonathan Bocão, mas a alternância de titularidade indicava que ele não estava totalmente satisfeito com o desempenho de nenhum dos dois. 

Não à toa, o a diretoria do clube foi ao mercado e contratou uma terceira peça. Léo, revelado pelo Leão e que estava no Avaí, não teve tempo de estrear antes da paralisação dos torneios, mas já está regularizado e à disposição, assim como Wellisson, atleta recém-promovido ao elenco principal.  

A lateral direita foi a única posição da defesa do Vitória que sofreu mudança por opção técnica. Houve alternância também no gol e na zaga, mas elas ocorreram em consequência de contusões. Na lateral esquerda, por sua vez, só para poupar o já consolidado Thiago Carleto.

Quem mais teve oportunidade para se firmar na lateral direita do Vitória foi Van. Ele começou em campo em sete dos 10 jogos disputados pelo time principal do Leão nos três primeiros meses da temporada, quando entrou em campo pela Copa do Nordeste e Copa do Brasil. Titular nos quatro primeiros jogos do ano, contra Fortaleza, Sport, Bahia e Imperatriz, Van viu Jonathan Bocão assumir a posição diante do Frei Paulistano, no Barradão, na quarta rodada do regional.

Mantido perante ABC e Lagarto, Bocão não foi bem diante da equipe sergipana. Vaiado pela torcida presente nas arquibancadas, perdeu o posto novamente para Van, que reassumiu a camisa de titular para enfrentar ABC, Ceará e River-PI. 

Na goleada por 4x1 contra a equipe piauiense, o lateral anotou a única assistência dele na temporada. Cruzou para Alisson Farias e o atacante fechou o placar da última partida antes da paralisação dos campeonatos.   

Sem render o suficiente para garantir a posição, Van terá que brigar por ela com Léo, forte candidato a assumir o posto quando os trabalhos forem retomados na Toca. Revelado no clube, Léo defendeu clubes como Athletico Paranaense, Flamengo, Internacional, Coritiba, Fluminense, Avaí e foi anunciado como novo reforço uma semana antes das atividades serem suspensas no centro de treinamento, em 17 de março, para evitar o contágio da covid-19. Até o momento, os jogadores seguem treinando a parte física de forma online com a orientação dos profissionais do clube.

A diretoria rubro-negra aguarda o aval das autoridades governamentais para recomeçar os treinos presenciais. Léo já teve o nome publicado no Boletim Informativo Diário (BID) da CBF e está apto para jogar. 

A quarta opção de Geninho para a lateral direita é Wellisson. Integrante do já extinto time de aspirantes - desfeito para reduzir a folha salarial -, ele foi promovido ao elenco principal no final de abril, dias antes do fim das férias coletivas. Também revelado no clube, o lateral direito de 21 anos foi titular nos sete jogos do Campeonato Baiano deste ano e permaneceu dentro das quatro linhas até o apito final em todos eles na equipe que era comandada por Agnaldo Liz. 

Welisson estreou como jogador profissional no estadual de 2019. Ele, entretanto, ainda não teve oportunidade com o técnico Geninho. No ano passado, o treinador o relacionou para oito jogos da Série B do Brasileiro, mas não o tirou do banco. Terá mais uma chance de conquistar o comandante rubro-negro. 

***

Em tempos de coronavírus e desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informação responsável e apurada pela nossa redação que escreve, edita e entrega notícias nas quais você pode confiar. Assim como o de tantos outros profissionais ligados a atividades essenciais, nosso trabalho tem sido maior do que nunca. Colabore para que nossa equipe de jornalistas seja mantida para entregar a você e todos os baianos conteúdo profissional. Assine o jornal.


Relacionadas