Quatro ônibus escolares são incendiados em Amélia Rodrigues

minha bahia
27.10.2018, 21:17:04
Atualizado: 27.10.2018, 22:11:32

Quatro ônibus escolares são incendiados em Amélia Rodrigues

Suspeita é de que ação seja uma retaliação pela morte de dois suspeitos de roubos e tráfico de drogas no município

Em represália a um duplo homicídio, quatro ônibus escolares foram incendiados no início da manhã deste sábado (27), no almoxarifado da prefeitura de Amélia Rodrigues, localizada a cerca de 90 km de Salvador. 

O incêndio começou por volta das 8h. Segundo o Corpo de Bombeiros, um quinto ônibus não queimou, mas teve parte da pintura derretida por causa do calor. Duas horas depois, as chamas foram controladas. 

De acordo com informações da polícia, três homens encapuzados renderam o vigia, que foi preso no banheiro, e logo em seguida tocaram fogo nos ônibus com querosene. Ainda conforme a polícia, a suspeita é que o crime tenha sido cometido em retaliação a um duplo homicídio que ocorreu no município durante a madrugada e matou Bernadete Silva de Jesus, de 45 anos, e José Carlos de Jesus Oliveira, de 19 anos. Eles tinham passagem por tráfico de drogas e roubos.

A Secretaria de Educação do município afirmou que os ônibus estão no seguro. Da frota total de 14 veículos para o transporte escolar dos alunos, restaram dez. Já a Secretaria da Segurança Pública disse ao CORREIO que a 3ª Coordenaria Regional de Polícia do Interior de Santo Amaro (Coorpin/Santo Amaro) vai investigar a queima dos ônibus escolares. O policiamento foi reforçado na região. A autoria e motivação ainda estão indefinidas.

***

Em tempos de coronavírus e desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informação responsável e apurada pela nossa redação que escreve, edita e entrega notícias nas quais você pode confiar. Assim como o de tantos outros profissionais ligados a atividades essenciais, nosso trabalho tem sido maior do que nunca. Colabore para que nossa equipe de jornalistas seja mantida para entregar a você e todos os baianos conteúdo profissional. Assine o jornal.


Relacionadas