Rapper baiano ganha indicação de Zeca Camargo: “Genial”

correio afro
17.04.2022, 07:00:00
(Foto: Caio Lírio / Divulgação)

Rapper baiano ganha indicação de Zeca Camargo: “Genial”

Di Cerqueira foi o primeiro a vencer o Prêmio de Música Educadora FM na categoria Melhor Intérprete Vocal (2019)

A música do rapper baiano Di Cerqueira ganhou elogios do jornalista e apresentador Zeca Carmargo. Em publicação nas redes sociais, Zeca disse ter ficado encantando com a faixa “Baebae”. 

“O Ismael Carvalho, que já trabalhou comigo, me indicou novas vozes pretas da Bahia. Ele me indicou Di Cerqueira, que não é tão novo assim, já está acontecendo lá na Bahia. Eu achei sua música genial”, afirmou o jornalista.

CONHEÇA O CORREIO AFRO

O rapper foi o primeiro a vencer o Prêmio de Música Educadora FM na categoria Melhor Intérprete Vocal (2019), com o single “Grandeza”. Além disso, ele já se apresentou em eventos como o Festival Oferendas, Origens, Virada Sustentável e na Virada Salvador. 

Homem negro, LGBTQIA+ e cria da Cidade Baixa, em Salvador, Di Cerqueira teve, em 2021, sua música tocada em mais de 39 países, segundo o Spotify, além de ter recebido mais de 23 mil streamings. Com seus mais de 2m de altura, ele continua mostrando que é gigante pela própria natureza - como canta nos versos de sua canção premiada.

Consumidor assumido da cultura POP e da black music global, mescla diversos estilos musicais para criar a sua sonoridade única. Iniciou sua carreira profissionalmente na música em janeiro de 2019 ao lançar “Lendária”, sua primeira canção de trabalho, que logo ganhou destaque na cena soteropolitana e chamou a atenção de nomes consagrados como Maria Gadú e Caetano Veloso.

***

Em tempos de desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informações nas quais você pode confiar. E para isso precisamos de uma equipe de colaboradores e jornalistas apurando os fatos e se dedicando a entregar conteúdo de qualidade e feito na Bahia. Já pensou que você além de se manter informado com conteúdo confiável, ainda pode apoiar o que é produzido pelo jornalismo profissional baiano? E melhor, custa muito pouco. Assine o jornal.


Relacionadas