Região Sul do país está entre as mais procuradas por estrangeiros

turismo
12.09.2017, 08:37:00
Atualizado: 12.09.2017, 09:49:16
Florianópolis ficou em segundo lugar, abaixo somente do Rio de Janeiro, principal destino de lazer do país
Estúdio Correio -

Região Sul do país está entre as mais procuradas por estrangeiros

De acordo com o Ministério do Turismo, cidades do Rio Grande do Sul, Paraná e Santa Catarina estão entre as 10 mais visitadas por turistas estrangeiros em 2016

Em momentos como o que vivemos, o jornalismo sério ganha ainda mais relevância. Precisamos um do outro para atravessar essa tempestade. Se puder, apoie nosso trabalho e assine o Jornal Correio por apenas R$ 5,94/mês.


Nem só de praia do nordeste vive o turismo brasileiro, de acordo com dados do Ministério do Turismo, cidades do Rio Grande do Sul, Paraná e Santa Catarina estão entre as 10 mais visitadas pelos turistas estrangeiros que estiveram no país a lazer e a negócios em 2016.

No ano passado, segundo a pesquisa, o país recebeu 6,6 milhões de visitantes internacionais, dos quais 56,8% em viagens de lazer. Dos 10 destinos mais visitados com essa motivação, quatro foram da Região Sul. Florianópolis ficou em segundo lugar, abaixo somente do Rio de Janeiro, principal destino de lazer do país; e Foz do Iguaçu (PR), em terceiro. Juntas, as duas sulistas receberam 31% dos visitantes a passeio.

Os hotéis e hostels Florianópolis também foram procurados para o turismo de negócios. A cidade ficou em sétimo lugar nesse tipo de turismo. A região sul recebeu 12,5% dos turistas que viajam a negócios. Curitiba é o terceiro, abaixo somente de São Paulo e Rio de Janeiro. Logo em seguida está Porto Alegre.

Florianópolis, Curitiba, Porto Alegre e Foz do Iguaçu estão também entre as 10 cidades brasileiras que mais realizaram eventos internacionais (ICCA/2016). O que reflete também no mercado hoteleiro, com melhora no movimento nos hotéis, pousadas e hostel.

***

Em tempos de coronavírus e desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informação responsável e apurada pela nossa redação que escreve, edita e entrega notícias nas quais você pode confiar. Assim como o de tantos outros profissionais ligados a atividades essenciais, nosso trabalho tem sido maior do que nunca. Colabore para que nossa equipe de jornalistas seja mantida para entregar a você e todos os baianos conteúdo profissional. Assine o jornal.


Relacionadas