Resort em Itacaré será leiloado pelo TRT a partir da metade do preço

bahia
22.07.2018, 18:16:00
Atualizado: 22.07.2018, 18:16:41

Resort em Itacaré será leiloado pelo TRT a partir da metade do preço

Leilões públicos terão móveis e imóveis em Salvador e no litoral da Bahia

Em momentos como o que vivemos, o jornalismo sério ganha ainda mais relevância. Precisamos um do outro para atravessar essa tempestade. Se puder, apoie nosso trabalho e assine o Jornal Correio por apenas R$ 5,94/mês.

Já pensou em ser o dono do seu próprio resort no litoral da Bahia? Agora, você terá a oportunidade de comprar um - isso é, caso possua, pelo menos, R$ 5 milhões. Esse é o valor do lance mínimo de um hotel, em Itacaré, que está em leilão público pelo Tribunal Regional do Trabalho (TRT) de Itabuna. 

Os bens móveis e imóveis vão a leilão por 50% da avaliação. Os lances já podem ser dados no site da RJ Leilões, onde a ação ocorre exclusivamente. O processo será encerrado no dia 8 de agosto, às 8h30, pelo leiloeiro oficial Rudival Almeida. No portal, há também o edital com as regras do leilão.

O empreendimento hoteleiro, que tem o nome Itacaré Eco Resort, fica na região do Condomínio Villas de São José. Na estrutura, estão listados apartamentos, bar, espaço para lazer, restaurante e até área destinada a SPA, com sala de leitura, saunas e sala de massagem. O lugar está avaliado em R$ 10 milhões.

Além dele, o Tribunal Regional do Trabalho (TRT) de Itabuna também terá no leilão, entre os imóveis, um terreno na região da Praia de Guaratiba, em Prado, de 600m², avaliado em R$ 12 mil e com lance mínimo de R$ 6 mil (lote 6); um prédio residencial em Jequié avaliado em R$ 800 mil e com lance mínimo de R$ 400 mil (lote 15); e uma fazenda em Camacã de 282 hectares, avaliada em R$ 1.301.064 e com lance mínimo de R$ 650.532 (lote 33).

Já entre os bens móveis, há um quadriciclo Honda 4x4, avaliado em R$ 11 mil e com lance mínimo de R$ 5,5 mil (lote 3); um Fiat Strada Adventure 2003/2004 a gasolina, avaliado em R$ 16 mil e com lance mínimo de R$ 8 mil (lote 38); e um Renault Duster 16D 4X2 2013, avaliado em R$ 38 mil e com lance mínimo de R$ 19 mil (lote 60).

Salvador
Outro leilão público será realizado pelo Tribunal Regional do Trabalho (TRT) de Salvador em agosto, também pelo leiloeiro oficial Rudival Almeida.

Entre os bens imóveis leiloados, estão uma casa de dois andares e sótão na Rua Alfredo de Brito, 41, no Pelourinho, avaliada em R$ 650 mil e com lance mínimo de R$ 325 mil (lote 26); um apartamento no Condomínio Edificio Vivenda San Sebastian, localizado na Rua Dr. João Pondé, 86, na Barra, com três quartos - sendo um suíte e outro revertido à sala -, avaliado em R$ 420 mil e com lance mínimo de R$ 210 mil (lote 27).

No Caminho das Árvores, há um apartamento no Condomínio Edifício Mansão Pacífico Sul, localizado na Rua do Benjoim, 910, com aproximadamente 230m², avaliado em R$ 1,035 milhão e com lance mínimo de R$ 517,5 mil (lote 41).

Já entre os móveis, estão um Hyundai HB20s 1.6 2015, avaliado em R$ 55 mil e com lance mínimo de R$ 27,5 mil (lote 146); uma Chevrolet Montana LS 2012/2013, avaliada em R$ 25 mil e com lance mínimo de R$ 12,5 mil (lote 70); e uma Fiat Doblô Attratictive 1.4 2012/2013, avaliada em R$ 42,5 mil e com lance mínimo de R$ 21,250 mil (lote 271).

No caso de Salvador, haverá as modalidades presencial e eletrônico (online). Na presencial, os interessados deverão estar presentes no dia 1º de agosto, às 8h30, auditório do Fórum Juiz Antônio Carlos Araújo de Oliveira, que fica no Comércio, na Rua Miguel Calmon, 285, 11° andar.

Na versão eletrônica, tanto do TRT de Salvador quanto de Itabuna, os interessados em participar devem se cadastrar previamente no site do leiloeiro oficial e encaminhar os documentos que serão solicitados, com antecedência mínima de 24 horas. Preenchidos os requisitos, o acesso será liberado com login e senha cadastrados.

O leilão eletrônico é realizado através do site www.rjleiloes.com.br

Pagamento
A forma de pagamento será, para os bens móveis, com um sinal de 20% e com o saldo restante (80%) pago em até 24h. Já para os imóveis, o sinal é de 30%, com o saldo restante (70%) também pago em até 24h.

Segundo o site do leilão, "os arrematantes presenciais e onlines receberam por e-mail a(s) guia(s) para pagamento com valor calculado e os dados bancários para depósito do valor relativo à comissão do leiloeiro, calculada em 5% do valor do lance".

***

Em tempos de coronavírus e desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informação responsável e apurada pela nossa redação que escreve, edita e entrega notícias nas quais você pode confiar. Assim como o de tantos outros profissionais ligados a atividades essenciais, nosso trabalho tem sido maior do que nunca. Colabore para que nossa equipe de jornalistas seja mantida para entregar a você e todos os baianos conteúdo profissional. Assine o jornal.


Relacionadas