Revisão do contrato de gasoduto é teste para programa do governo

farol econômico
09.08.2019, 07:02:00

Revisão do contrato de gasoduto é teste para programa do governo


Em momentos como o que vivemos, o jornalismo sério ganha ainda mais relevância. Precisamos um do outro para atravessar essa tempestade. Se puder, apoie nosso trabalho e assine o Jornal Correio por apenas R$ 5,94/mês.

Teste do gás 
A Agência Nacional de Petróleo, Gás e Biocombustíveis (ANP) vai usar a chamada pública para revisão do contrato de transporte de gás natural pelo Gasoduto Bolívia-Brasil (Gasbol) como um teste para o programa Gás para Crescer, do Ministério de Minas e Energia. Como já houve uma amortização no investimento para a implantação do equipamento, a expectativa da agência reguladora é por uma "revisão significativa" no custo da operação. "Já tiveram o retorno em relação a isso, então na revisão tarifária, a tarifa de transporte já sofreu uma revisão significativa", avalia o diretor da ANP, José Cesário Cecchi, que esteve ontem em Salvador para conversar com distribuidores de gás da Bahia. Ele lembra que atualmente o GNL (gás natural liquefeito) está com preços extremamente reduzidos no mercado externo. "Se o gás boliviano não for competitivo, por que nós iremos comprar de lá? Aí, teremos uma primeira sinalização do impacto da competição nos preços da molécula de gás", avalia. Atualmente, o Brasil tem três terminais de regaseificação, um deles aqui na Bahia, além de mais dois sendo concebidos. Leia a entrevista completa com José Cesário Cecchi.

Santo remédio
O Hospital Santa Izabel conseguiu atender 36% da sua demanda energética no último mês de junho com o uso da energia fotofoltaica. Os equipamentos para captação da energia solar e a geração de energia elétrica foram instalados no Centro de Abastecimento Farmacêutico da instituição de saúde, no Barbalho. O resultado foi uma economia de 40% na conta de energia, ou o equivalente a R$ 4.734,58 no mês. Outra usina fotovoltaica foi instalada na Unidade Álvaro Lemos em junho , com previsão de gerar R$ 13.500,00 de economia ao ano. Além das usinas, o hospital Santa Izabel conta com projeto de placas solares para aquecimento de água nas enfermarias, ampliado e modernizado em março. Para fechar com chave de ouro, o hospital assinou um contrato para a compra de energia renovável até 2028. Isso garante que toda a energia utilizada no hospital é proveniente das chamadas fontes limpas, ou seja, não-poluentes.

Neonergia. As concessionárias de energia Coelba, Celpe e Elektro, do grupo Neonergia, são finalistas na categoria ‘Concessionária de Serviços’ do Prêmio Época Negócios Reclame Aqui 2019. O reconhecimento é chamado de “Oscar do Atendimento Brasileiro” e movimenta anualmente mais de 1,4 mil empresas. 

RH. A  filial brasileira da Gi Group, multinacional italiana de RH, fechou o primeiro semestre do ano em alta. Foram 34% em resultados (projetos realizados e pessoas contratadas), com mais de 19 mil vagas preenchidas, e 26% em faturamento em comparação ao mesmo período de 2018. Aqui na Bahia a alta foi de quase 20%. 

Voando alto. A Gol iniciou ontem a operação de dois voos diários entre Vitória da Conquista e o aeroporto de Guarulhos, em São Paulo. A cidade do Sudoeste baiano é a quarta na Bahia que recebe voos da companhia. As outras são Salvador, Porto Seguro e Ilhéus.
 

***

Em tempos de coronavírus e desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informação responsável e apurada pela nossa redação que escreve, edita e entrega notícias nas quais você pode confiar. Assim como o de tantos outros profissionais ligados a atividades essenciais, nosso trabalho tem sido maior do que nunca. Colabore para que nossa equipe de jornalistas seja mantida para entregar a você e todos os baianos conteúdo profissional. Assine o jornal.


Relacionadas