Rompimento de barragem: Sesab alerta para risco de uma emergência em saúde pública

bahia
19.07.2019, 06:00:00
Atualizado: 19.07.2019, 10:30:14
(Foto: Junior Nascimento/CORREIO)

Rompimento de barragem: Sesab alerta para risco de uma emergência em saúde pública

Moradores de cidades afetadas têm quadro de diarreia, febre e vômitos

Uma semana depois do rompimento da Barragem do Quati, os moradores de Pedro Alexandre e Coronel João Sá ainda sofrem as consequências do desastre. Nas duas cidades, moradores já começaram a apresentar diarréia, febre, e vômitos. A auxiliar serviços gerais,  Elenice da Silva Amorim, teve a casa inundada pela água e desde então tem apresentado alguns sintomas.

“Tô com [sintomas de] gripe, diarréia e dor de cabeça. O médico veio aqui em casa, fui pro posto, tomei soro e  ele mandou eu me hidratar”, contou a moradora de Coronel João Sá, que teve contato com a água da enchente para tentar salvar os seus pertences.

Por entrar em contato com esgoto e lixo, a água da enchente é um possível vetor de doenças  diarreicas, hepatite A e E, tétano acidental, febre tifoide, doenças respiratórias e leptospirose, aponta a Secretaria de Saúde do Estado. A Sesab informa ainda que a inundação pode evoluir para uma emergência em saúde pública.

Para reduzir os riscos nas cidades, as prefeituras em conjunto com agentes de saúde do estado para coibir mais infecções nos municípios. “Trabalhamos para vacinar os moradores e os gatos e cães e porcos da cidade”, explicou o prefeito de Coronel João Sá, Carlos Sobral.

Em Pedro Alexandre, a maior parte das 1.500 casas afetadas pela interrupção temporária do fornecimento de água já começaram a ter o abastecimento restabelecido. Como a distribuição é retomada de forma gradual, alguns imóveis ainda estão sem água. O prefeito, Pedro Gomes Filho, apontou que os caminhões pipa da Embasa ainda estão na cidade para atuar nas localidades que permanecem sem o abastecimento.

“Algumas pessoas estão sem água, mas não é uma coisa geral, é mais dentro da cidade. Pouquíssimas famílias tiveram esse problema”, explicou o gestor municipal. Em nota, a concessionária informou que cerca de 300 imóveis permanecem sem abastecimento, mas este deve ser regularizado até a noite de quinta (18).

Chuvas e barragens
Na manhã desta quinta (18), a Defesa Civil realizou a vistoria das barragens da Lagoa Grande, de Serra Torre e da Fazenda Senhor do Bonfim. Na última estrutura de contingenciamento, a equipe do governo teve que realizar um sangramento devido ao nível da água.

“[A Defesa Civil] abriu o sangradouro agora para evitar um rompimento da barragem. Como as barragens estão muito fragilizadas por conta das chuvas, a gente se preocupa”, relatou o superintendente da Defesa Civil, Paulo Sérgio Menezes. De acordo com ele, as equipes vão continuar a realizar as vistorias nas barragens até o fim das chuvas na região.

O serviço de meteorologia do Instituto Do Meio Ambiente E Recursos Hídricos (Inema) aponta que deve chover de forma irregular na região até o final de semana. Apesar de não haver estiagem, as chuvas devem ser mais brandas no período, com a previsão de precipitação de 20 a 50mm por dia.

Os moradores das cidades apontam que após uma trégua, uma garoa começou a cair na quinta-feira (18) nas localidades. Para esta sexta-feira (19), o Inema aponta que há 70% de chance para chover nos municípios vizinhos. A meteorologista do instituto, Diva Cordeiro, explica que a precipitação na região tem continuidade devido a uma frente fria que atinge o nordeste da Bahia.

“A gente tem maior atuação de sistemas frontais, as famosa frente frias. Elas vem desde o sul do país e ao entar no nordeste causam chuva, em especial litoral. Essa frente fria não fica somente presa ao litoral, mas pega algumas cidades mas para o interior”, esclareceu.

Luta para reorganizar a cidade
Aos poucos, algumas famílias desabrigadas já começam a retornar a suas casas e as gestões municipais iniciam a reorganização das cidades. De acordo com o prefeito de Pedro Alexandre, algumas pessoas já tiveram os imóveis liberados pela Defesa Civil. Entretanto, ele aponta que a maior dificuldade enfrentada pela cidade é a condição das estradas vicinais que fazem a ligação entre o município - todas de terra.

“A cidade está intransitável. As pessoas estão perdendo leite porque não tem como o caminhão do laticínio ir buscar”, disse Pedro Gomes, que apontou ainda que as aulas devem continuar suspensas no município e, por isso, devem se estender até o mês de janeiro.

Em Coronel João Sá, a situação aparenta estar mais normalizada. A Ponte do Senhoral, que foi interditada após o rompimento da barragem, foi liberada para o tráfego na última terça, informou o prefeito. Entretanto, o gestor informou que as pessoas só devem ser liberadas para retornar para suas casas nesta sexta (19).

Sem ter recebido o aval da Defesa Civil, Elenice já retornou para a sua casa. Ela explicou que o imóvel não corre risco, mas não foi liberado pelo “cheiro” deixado pela água da enchente. “A gente já limpou com cloro e melhorou”, disse a auxiliar serviços gerais para amenizar a situação.

Como ajudar
Sem divulgar números, as prefeituras informam que muitas doações de alimentos, roupas e calçados já chegaram nas cidades. A cabeleireira de Coronel João Sá, Lidiane dos Santos, contou que muitos moradores já receberam comida, mas ainda precisam de móveis. O prefeito da cidade concorda com a moradora: “Precisamos mais de eletrodomésticos e móveis”, apontou.

Para auxiliar as localidades afetadas, a Prefeitura de Salvador está recolhendo doações de roupas e alimentos nas prefeituras-bairro da capital. A gestão municipal informa que a prioridade é a arrecadação de água potável, alimentos não-perecíveis, materiais de higiene pessoal, roupas em bom estado de conservação, de cama e banho e produtos de limpeza.

As unidades que recebem as doações são: o Centro/Brotas, Subúrbio/Ilhas, Cajazeiras, Itapuã, Cidade Baixa, Barra/Pituba, Cabula/Tancredo Neves, Pau da Lima, São Caetano/Liberdade e Valéria. A prefeituras-bairro recebem os donativos das 8h às 17h, durante a semana.

As voluntárias Sociais da Bahia também realizam a campanha  ‘Bahia Solidária’ para recolher doações. Das 8h às 21h, é possível entregar a contribuição na sede da instituição, localizada na Rua Baronesa de Sauípe, 382, no largo do Campo Grande, em Salvador. Os doadores podem contribuir com alimentos, água, colchões e os materiais de limpeza e higiene.

Quem quiser ajudar também pode entregar roupas e alimentos não perecíveis em qualquer quartel da corporação na capital ou interior do Estado, das 8 às 18h. Para mais informações, é possível enviar e-mail para cg.acs@cbm.ba.gov.br.

As próprias prefeituras também tentam arrecadar recursos para as cidades por meio de doações em dinheiro. Para ajudar Coronel João Sá, é possível realizar um depósito nas conta do município no Banco do Brasil. Já quem deseja apoiar a cidade de Pedro Alexandre, pode fazer uma transferência para uma conta recém-criada no Banco do Brasil para este fim.

Coronel João Sá
Agência 3913-6 / Conta Corrente 16000-8
Município Coronel João Sá
CNPJ: 14.215.818/0001-36

Pedro Alexandre
Agência  1745-0 / Conta corrente: 18193-5
Município de Pedro Alexandre
CNPJ: 14.216.238/0001-63


*Com orientação do chefe de reportagem Jorge Gauthier


Relacionadas
Correio.play
https://www.correio24horas.com.br/noticia/nid/cristiano-ronaldo-vira-meme-ao-protagonizar-comercial-asiatico/
Astro português aparece dançando e é ignorado por torcida na propaganda de TV
Ler Mais
https://www.correio24horas.com.br/noticia/nid/jota-quest-apresenta-turne-acustica-nesse-domingo-18-na-concha/
Show será a despedida do Saideira Acústico Tour em solo soteropolitano
Ler Mais
https://www.correio24horas.com.br/noticia/nid/ivan-da-ponte-descobre-em-aviao-que-foi-convocado-veja-video/
Goleiro foi avisado que estava na lista de Tite para a Seleção pelo piloto: 'Não dá nem para acreditar'
Ler Mais
https://www.correio24horas.com.br/noticia/nid/normani-ex-fifth-harmony-lanca-seu-primeiro-single-solo/
Motivation chegou na madrugada dessa sexta (16), e está disponível em todas as plataformas digitais
Ler Mais
https://www.correio24horas.com.br/noticia/nid/jumento-e-amarrado-em-caminhonete-e-arrastado-por-rua-de-barreiras/
Além de maus-tratos, motorista responderá também por insegurança viária
Ler Mais
https://www.correio24horas.com.br/noticia/nid/idoso-entra-em-coma-apos-levar-murro-no-rosto-de-ciclista-em-feira-de-santana/
Agressor foi à delegacia e apresentou relatório que comprova transtornos mentais
Ler Mais
https://www.correio24horas.com.br/noticia/nid/operacao-cumpre-19-mandados-de-prisao-na-ba-alvos-sao-do-pcc/
Segundo o Ministério Público, 12 foram presos no estado
Ler Mais
https://www.correio24horas.com.br/noticia/nid/tarantino-reune-brad-pitt-e-leo-dicaprio-em-filme-de-pouca-inspiracao/
'Era Uma Vez em... Hollywood' homenageia a indústria do cinema dos anos 60 e também a trágica e bela atriz Sharon Tate
Ler Mais