Rui fala em uso da 'força máxima' para capturar responsáveis por mortes de PMs

salvador
09.05.2022, 09:23:10
(Wendel de Novais/CORREIO)

Rui fala em uso da 'força máxima' para capturar responsáveis por mortes de PMs

Governador também pediu 'sangue frio' da polícia durante as ações

O governador Rui Costa lamentou as mortes dos três policiais militares em Salvador no último fim de semana e pediu "sangue frio" dos policiais para prender os responsáveis pelos crimes. 

O governador prestou solidariedade às famílias dos PMs. "Eu quero prestar minha solidariedade às famílias dos policiais. Desde ontem determinei ao comandante coronel Coutinho, o uso da força máxima de todas as especializadas nossas para que possamos capturar todos os responsáveis por esses ataques", afirmou o governador.

"Sobre a operação, ela já está acontecendo desde ontem. Estamos com policiamento na área, e eu ressalto aqui a mensagem para a nossa Polícia Militar: precisamos agir com força, mas com profissionalismo. É preciso muito sangue frio e muito profissionalismo na captura desses criminosos", disse.

Ainda de acordo com o governador, ele conversou com o comandante geral da PM, coronel Coutinho e pediu o uso de força total no caso. "Vamos buscar todos esses. Vamos capturar todos os responsáveis e punir aqueles que atentaram contra a vida dos policiais, com todo seu armamento pesado e como tenho denunciado por seguidas vezes. Eu espero que em breve tenhamos um sistema judicial que não facilite a soltura desses marginais", completou.

Mortes
Três policiais foram mortos no fim de semana em Salvador. No sábado, o soldado Alexandre José Ferreira Menezes Silva, 30, levou um tiro na cabeça enquanto trabalha no bairro Águas Claras. De acordo com informações da PM, duas viaturas com equipes da 3ª Companhia Independente (CIPM/Cajazeiras) estavam fazendo rondas de rotina na Rua Ulisses Guimarães quando, por volta das 22h, foram recebidas a tiros por um grupo de homens armados. No tiroteio, dois soldados da PM ficaram feridos. Alexandre, que foi baleado na cabeça, e seu colega, Danilo Nunes Pinto Souza, atingido de raspão na orelha.

Na noite de domingo (9), outros dois policiais militares foram atacados por criminosos quando retornavam do velório de Alexandre. Eles foram alcançados no bairro Fazenda Grande I, Boca da Mata. Um dos militares foi socorrido ao Hospital Municipal de Salvador, enquanto o outro militar recebeu atendimento do Samu no local. No entanto, não resistiram aos ferimentos e morreram.

Em nota, a Secretaria da Segurança Pública (SSP) informou que "que todas as forças de segurança estão atuando em conjunto para elucidar, identificar e capturar todos os envolvidos nas mortes de três policiais militares". Ainda de acordo com a secretaria, as famílias estão recebendo assistência da instituição. 

***

Em tempos de desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informações nas quais você pode confiar. E para isso precisamos de uma equipe de colaboradores e jornalistas apurando os fatos e se dedicando a entregar conteúdo de qualidade e feito na Bahia. Já pensou que você além de se manter informado com conteúdo confiável, ainda pode apoiar o que é produzido pelo jornalismo profissional baiano? E melhor, custa muito pouco. Assine o jornal.


Relacionadas