Salvador foi o destino nacional mais vendido em 2020, diz anuário de operadoras

salvador
28.04.2021, 13:44:00
(Jefferson Peixoto/Secom PMS)

Salvador foi o destino nacional mais vendido em 2020, diz anuário de operadoras

Secretário destaca iniciativas que têm sido tomadas para diminuir o impacto da pandemia

Em momentos como o que vivemos, o jornalismo sério ganha ainda mais relevância. Precisamos um do outro para atravessar essa tempestade. Se puder, apoie nosso trabalho e assine o Jornal Correio por apenas R$ 5,94/mês.

Salvador foi o destino nacional mais vendido nacionalmente em 2020, segundo o anuário da Associação Brasileira das Operadoras de Turismo (BRAZTOA). Aparecem na sequência Maceió e Natal (2º) e Rio de Janeiro e São Paulo (3º). Somente o Nordeste recebeu cerca de 2 milhões de turistas através das operadoras da Braztoa, representando 70% das vendas nacionais.

Titular da Secretaria Municipal de Cultura e Turismo (Secult), Fábio Mota celebrou o resultado e destacou iniciativas que têm sido tomadas para diminuir o impacto da pandemia de covid-19 no turismo. Além de uma estratégia de marketing com várias campanhas digitais, a lista inclui as obras de requalificação da orla, a criação do Selo Verificado e certificação do Safe Travel, a revitalização do Centro ao Atendimento ao Turista (CAT), o Capacita – programa de capacitação dos trabalhadores formais e informais do segmento turístico, e a promoção de press trips com jornalistas internacionais.

Equipamentos administrados pela Secult foram reabertos no período, seguindo protocolos sanitários. Entre eles estão a Casa do Carnaval, no Centro Histórico; Casa do Rio Vermelho – Jorge Amado e Zélia Gatta; e espaços Carybé das Artes, no Forte São Diogo, e Pierre Verger da Fotografia Baiana, no Forte de Santa Maria.

"Isso é fruto de um trabalho realizado desde 2013, onde Salvador foi completamente reconfigurada e essa transformação possibilita que o destino turístico esteja mais estruturado para seus residentes e preparado para receber os visitantes. A cidade agora está passando a colher os louros dessas ações de requalificação que foram feitas nos últimos anos contemplando o patrimônio cultural, artístico e turístico da capital”, diz Mota..

Turismo inteligente
Na semana passada, Salvador também foi uma das cidades escolhidas para participar de um projeto-piloto de Destino Turístico Inteligente (DTI) do Brasil, criado pelo Ministério do Turismo (MTur). A ideia do projeto é ampliar a competitividade dos destinos turísticos, investindo no turismo tecnológico, sustentável e acessível.

O modelo metodológico foi criado a partir de uma parceria com o Instituto Argentino Cidades Del Futuro (ICF) e com a Sociedade Mercantil Estatal para a Gestão da Inovação e as Tecnologias Turísticas (Segittur), da Espanha, instituições pioneiras no segmento.

Dentre as iniciativas estão o desenvolvimento de uma metodologia adaptada à realidade brasileira para a realidade de Destinos Turísticos Inteligentes; a realização de um diagnóstico situacional dos destinos que farão parte do projeto; a capacitação de gestores federais e locais; o acompanhamento da implementação das soluções relacionadas à eficiência na governança; a correta utilização de recursos públicos; o respeito às normas de acessibilidade e aos princípios de sustentabilidade; e a utilização da tecnologia a favor da valorização dos destinos e seus patrimônios, ao mesmo tempo que atenda às demandas dos turistas e visitantes.

***

Em tempos de coronavírus e desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informação responsável e apurada pela nossa redação que escreve, edita e entrega notícias nas quais você pode confiar. Assim como o de tantos outros profissionais ligados a atividades essenciais, nosso trabalho tem sido maior do que nunca. Colabore para que nossa equipe de jornalistas seja mantida para entregar a você e todos os baianos conteúdo profissional. Assine o jornal.


Relacionadas
  • Assinaturas: 71 3480-9140
  • Anuncie: 71 3203-1812
  • Ache Aqui Classificados: 71 3480-9130
  • Redação: 71 3203-1048