São Paulo anuncia o Folia SP, com trios elétricos e atrações baianas 

marrom
09.12.2021, 06:00:00

São Paulo anuncia o Folia SP, com trios elétricos e atrações baianas 

Daniela Mercury e Alinne Rosa (Foto: Alana Andrade)

Se vai ter Carnaval, em fevereiro de 2022, ninguém sabe. Mas o Folia SP, anunciado pelos organizadores “como o primeiro e maior festival do Carnaval de Salvador realizado fora da capital baiana”, já tem data certa. A primeira edição do evento será nos dias 23 e 24 de abril, na cidade de São Paulo. Serão dois dias de festa com shows e trios elétricos. O evento, que acontecerá no Sambódromo do Anhembi , já tem como atrações confirmadas Daniela Mercury, Psirico, Banda Eva e Alinne Rosa.


A programação contará com dois trios elétricos e três shows no palco por dia, com opções de pista ou camarote open bar e open food, com acesso à pista vip. De acordo com Eduardo Ferrari, diretor da Agência Hubee, idealizadora do festival, o Folia SP é uma maneira de reproduzir o clima democrático do Carnaval de Salvador. “O clima da pipoca, correr atrás do trio, a energia que a Bahia oferece durante as festividades é realmente uma experiência única e que nem sempre as pessoas conseguem se organizar para vivenciar”, afirma.


Dão leva ao palco show que apresentou nas lives 

Dão Black (Foto: Divulgação)

Concebido durante a pandemia e apenas apresentado em lives, o show Sambadelic2020tals, do cantor e compositor Dão Black, será apresentado sábado, a partir das 22 horas, no Parador Z1, no Rio Vermelho. Dessa vez, o público poderá assistir ao show, que em breve se transformará em disco. 


Três canções que fazem parte do repertório já estão disponíveis nas plataformas digitais: Olha o Samba Sinhá, do compositor Candeia, Para Qualquer Lugar, composição do cantor, e Menina do Cabelo Black, que ele fez em parceria com JP Castelhano e Udi Santos, cantora de rap. O espaço adota todos os protocolos de segurança e os ingressos custam R$ 30.


Rafael Pondé , que mora nos Estados Unidos, faz dois shows em Salvador 

Os irmãos Rafael e Lucas Pondé (Foto: Divulgação)

De férias em Salvador para visitar a família e gravar um novo videoclipe da canção Praia do Flamengo, o cantor e compositor Rafael Pondé, que mora nos Estados Unidos, agendou dois shows neste final do ano para matar a saudade do público baiano. O primeiro acontece no Mariposa, em Vilas do Atlântico, dia 18, às 21h. Já o segundo, pra celebrar o Natal, será no dia 25, a partir das 20h, no Bar e Restaurante Mercearia,  em Amaralina. Ambos têm  couvert no valor de R$ 15.  Nestes shows, Pondé, que preparou um repertório com canções de diversas fases dos seus 25 anos de carreira, será acompanhado por seu irmão, Lucas Pondé, no contrabaixo, e segue o formato Sound System, onde ele toca guitarra e comanda programações rítmicas no Ableton Live, e efeitos especiais no APC 40.



Rachel Reis e Illy lançam ijexá


O ijexá Me Veja, novo single de Rachel Reis que conta com a participação da cantora Illy, chega amanhã às plataformas digitais. O lançamento acontece através do selo Alá, com distribuição da Altafonte e com direito a clipe dirigido por Maria Mango, da Marias Filmes. As cenas são ambientadas nos anos 90. Rachel e Illy se aprontam para fazer valer o Carnaval.



TUM-TUM-TUM*


1  A turma do Chiclete com Banana, agora com o vocalista Kill, está animada com a retomada dos shows. Neste fim de semana, a festa começa amanhã, em João Pessoa (PB), segue sábado em Campo Grande, Mato Grosso do Sul, e termina domingo em Brasília. Para matar a saudade, a banda promete repertório bem pra cima.


2 O cantor e compositor Xande de Pilares se apresenta dia 7 de janeiro, a partir das 19h, no Beach Farol Club, em Itapuã. No repertório, o artista irá interpretar músicas inéditas e seus grandes sucessos. O show de abertura é do cantor Alex Sander. Os ingressos para o evento já podem ser adquiridos através do Sympla e no local, no dia da festa.


3 O Diário do Rei - Confissões de uma Majestade do Carnaval de Salvador é o nome do livro que tem lançamento hoje, às 19h, no Cine Teatro Lauro de Freitas.  Trata-se do relato dos momentos vividos pelo diretor teatral e produtor cultural Duzinho Nery, quando ele conquistou o título de Rei Momo no ano de 2016. São registros de alegria durante a folia, fatos inusitados e até mesmo confissões sobre “as injustiças sofridas na ocasião”.

***

Em tempos de coronavírus e desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informação responsável e apurada pela nossa redação que escreve, edita e entrega notícias nas quais você pode confiar. Assim como o de tantos outros profissionais ligados a atividades essenciais, nosso trabalho tem sido maior do que nunca. Colabore para que nossa equipe de jornalistas seja mantida para entregar a você e todos os baianos conteúdo profissional. Assine o jornal.


Relacionadas